Você já ouviu algum podcast?

Por Nicolas Esquirio, para Coletiva.net

Muitos que escutam esta pergunta se assustam e não sabem o que responder. Mas se trocássemos a palavra "Podcast" para "Programa" ficaria melhor de respondermos a essa pergunta? Claro que ficaria! Para você ter uma noção da dificuldade das pessoas entenderam o que é podcast no Brasil, essa semana o Jornal Nacional fez uma matéria de seis minutos para tentar explicar ao público o que é podcast e, claro, também divulgar os seus programas. 

Então, você já deve ter visto ou escutado algo na sua rede social sobre " O crescimento dos podcasts no Brasil" ou "Esse é o ano do podcast no Brasil". Já li muito sobre isso e, realmente, concordo. Esse é o ano do Brasil aprender a consumir essa mídia, esse é o ano para educar os futuros ouvintes de como podemos consumir e apoiar vários produtores de podcast, que já estão no mercado há muito tempo. Esse ano irá servir para o mercado testar novas possibilidades de podcast e de surgirem grandes produções na podosfera. 

De fora para dentro

Nos Estados Unidos, o podcast já está bem consolidado. Há estudos da Interactive Advertising Bureau (IAC) e da PwC que indicam um crescimento no setor de até US$ 1 bilhão até 2021.  Em fevereiro, o Spotify desembolsou um valor estimado em US$ 230 milhões pela Gimlet , empresa especializada em podcasts. No Brasil, ainda estamos caminhando para chegar nesse crescimento, falta a visibilidade de grandes empresas em apostarem nessa mídia e disseminarem para a massa. Mas isso está mudando as poucos aqui. 

O crescimento do podcast no Brasil vem de diversos fatores, uma é a chegada da 4G nos smartphones, outra é o investimento do Spotify e Deezer no consumo de podcast em suas respectivas plataformas. Antigamente, podcast só poderia ser consumido por quem possuía algum Iphone ou Ipod, com a liberação de acessos a smartphones no Brasil, abriram-se portas para milhares de brasileiros darem uma chance para essa mídia. Pensa só: o podcast é uma das poucas mídias que podem ser consumidas realizando outras atividades, a taxa de permanência e aderência é muito maior, do que uma pessoa lavando a louça e assistindo à televisão. Entende?

A voz que acompanha você em todo seu dia.

O podcast é uma mídia com vários nichos que fidelizam o público que escuta. Seja um debate sobre culinária ou Cultura Pop, ele cria uma intimidade com o ouvinte, que outras mídias não são capazes de fazer. Ele faz companhia quando você está sozinho em casa e não tem com quem conversar ou, até mesmo, pode lhe desestressar no trânsito. Eu, por exemplo, acompanho diversos programas e sei os dias certos que eles irão postar novos episódios, interajo e compartilho com o meu círculo de amizade. Agora vocês entendem o quão importante e maravilhoso o podcast é?

O Podcast no Brasil está no caminho certo, produtores estão mais preocupados na qualidade de seus programas. Roteiros, captação e edição são alguns dos processos que um bom podcast deve ter, enquanto os ouvintes tomam o cuidado de não terem perdido nenhum episódio do seu programa preferido. Por isso, busque podcasts que combinem com seus gostos. No Itunes, Spotify, Castbox e Deezer há um catálogo gigantesco de podcasts com diversos assuntos. Apoie e espalhe cada vez mais seus programas preferidos.

Nicolas Esquirio é publicitário, sócio-fundador da Papier Conteúdo e comanda o podcast Podicafé 



Comments