Notícias de mercado da comunicação do RS.

Home Artigos Como filtrar as informações na internet?

Como filtrar as informações na internet?

Por Geronimo Theml
Compartilhar
,

Nessa época de internet, YouTube, Facebook, Instagram, blogs, e outras infinitas redes e meios, como organizar e filtrar os conteúdos quando há um ‘overload’ de informações? E com tanto conteúdo sendo produzido e divulgado por qualquer pessoa, em quem confiar? O que exatamente dá autoridade para quem está propagando conteúdo?

É importante ter em mente que o principal fator para se conquistar algo na vida é a ação. Mas não é qualquer tipo de ação. É uma ação direcionada e constante para chegar naquilo que se quer para a vida. E em qual hora se define o que se quer? Antes da ação. Antes de entrar em ação, define-se aonde se quer chegar e, aí sim, é preciso entrar em ação de forma direcionada e constante.

E qual é o grande problema numa época de excesso de informações? É que muita gente não sabe aonde quer chegar. E quando não se tem clareza, qualquer caminho serve. Com ‘overload’ de informações, ouve-se de tudo, cria-se confusão e não é possível organizar as ideias.

Então, antes de saber quem você irá seguir nas redes, defina aonde você quer chegar. Pergunte-se: “ouvir o conteúdo deste canal é uma ação direcionada e constante para aquilo que eu quero para a minha vida? Isso me leva na direção do que eu quero?”.

Filtre as informações que possam levar você de forma direcionada para aquilo que se quer. Então, se neste momento você não sabe quem acompanhar, não sabe o que ver, não sabe o que ouvir, dê um passo atrás. Tenha clareza do caminho que você quer seguir e ai selecione aquelas pessoas que te ajudam na sua ação direcionada e constante.

Para essa seleção, além de ter clareza sobre aonde se quer chegar, é preciso também separar o artista da obra. O artista não é a sua obra e a obra não é o artista. Um fato é a pessoa, o artista, e os frutos do seu trabalho. O outro é o conteúdo que aquela pessoa está ensinando, a obra. O que dá autoridade é justamente um bom artista produzindo um bom conteúdo.

Mas como avaliar o artista? Analisando os frutos que ele gera, o resultado. Uma árvore de maçã só pode gerar maçã assim como frutos bons só podem vir de árvores boas. Para saber se aquele gerador de conteúdo é uma árvore boa, algumas perguntas podem ser feitas para encurtar o caminho até a resposta. Por exemplo: “Como aquela pessoa está transformando a vida dos seus seguidores? Quais são os comentários que as pessoas fazem? Existem cases de sucesso?”

Ok, nós falamos do artista, mas e a obra? No caso do conteúdo, a forma de avaliar é por meio de testes. Se aquilo não fará mal para você, para as pessoas ao seu redor ou para sociedade, aplique aquele conhecimento. Se funcionar e fizer sentido pra você, honre, agradeça quem te apresentou o conteúdo e passe pra frente, porque eu acredito que o bem nunca para.

Geronimo Theml é coach, especialista em produtividade e empreendedor. É criador do Programa Profissão Coach e idealizador da Academia da Produtividade. Também é palestrante internacional, especializado em mudança de comportamento, empreendedorismo e aumento de produtividade.