Notícias de mercado da comunicação do RS.

Home Artigos Startup way of life – porque estamos pensando e agindo como uma empresa?

Startup way of life – porque estamos pensando e agindo como uma empresa?

Por Edgar Powarczuk
Compartilhar
,

Especialistas em tecnologia aos 22 anos, com 10 mil horas rodadas em seus PCs, dão uma nova forma ao modelo como estruturamos nossa forma de vida. Nossa sociedade gerontocrática depõe suas armas aos pés de jovens imberbes capitulando ante a imposição de um novo status quo. Afinal, quem detém a tecnologia, detém o poder. Ever.

Como nunca, também, o achatamento geracional criado pelo vertical crescimento das tecnologias coloca num estreito período de tempo os analógicos e os digitais, e, entre eles, os híbridos. De um lado, jovens inauguram uma nova corrida de ratos para chegar mais cedo ao sucesso. De outro lado, as pessoas que viveram antes da internet e dos celulares tentam reencontrar-se neste mundo touch screen.

A tecnologia nos trouxe – e nos empurra – para um mundo de inovações mais disruptivas, mais urgentes e mais frequentes. Quando nos damos conta, estamos pensando e agindo como uma empresa, como auto empreendedores, na busca de uma dor para curar, num mercado para exponencializar, num canal para obter maior reputação.

Como uma startup, precisamos viver com eficiência, sem procrastinação, correndo para obter sucesso rápido. Acredito que isso pode nos colocar num mundo melhor, se soubermos lidar com as perversidades que vêm no pacote.

Vivemos uma startup way of life.

Edgar Powarczuk é mentor de empreendedores