Repórter

Por Rosane Marchetti, para Coletiva.net

Eu tenho um encantamento pela palavra Repórter! Mais do que isso, devo ao seu significado, todos os meus sorrisos e todas as minhas lágrimas provocadas pela realidade do mundo. Nunca foi um caso qualquer. Tenho uma paixão sem fim e um amor absoluto pela reportagem.

E, sinceramente, não sei se deveria haver um 'Dia do Repórter', porque todos os dias são dele como ele é de todos os dias e de todas as horas. O repórter depende dos dias e, incansavelmente, deles não pode desviar nunca seu olhar. Por isso, não é apenas uma escolha, é uma profissão que só executa bem quem nasceu para isso. Não, não é questão de destino, é caso de ser prazeroso buscar informação, de ter um modo de olhar para tudo e todos como se fosse a primeira vez, ser curioso, ler, observar todas as possibilidades e, depois, não descansar até não ter escolhido as melhores palavras e as imagens mais reais para contar sua história. 

O repórter deve viver de cumplicidade. A cumplicidade da produção, da informação e de suas versões. O respeito pelas fontes. Deve ter muita intimidade com nossa língua. Saber escrever corretamente é fundamental, assim como é essencial conhecer a história, porque ninguém que não tenha conhecimento de contexto consegue contar uma história real.

Ser Repórter é sempre correr contra o tempo, mas é saber, também, que ele, o tempo, será responsável por torná-lo cada vez melhor e com mais credibilidade. Quantos encantos, embora haja tanto desencanto em redações que, por questões econômicas (nem sempre), ficam vazias de ótimos profissionais e de reportagens de qualidade.

Mas voltemos à paixão que tem tudo a ver com um trecho do escritor colombiano Gabriel Garcia Marques: "Ninguém que não tenha nascido para isso e esteja disposto a viver só para isso poderia persistir numa profissão tão incompreensível e voraz, cuja obra termina depois de cada notícia, como se fora para sempre, mas que não concede um instante de paz enquanto não torna a começar com mais ardor do que nunca no minuto seguinte".

Rosane Marchetti é jornalista.

Comments