Notícias de mercado da comunicação do RS.

Home Posts por Ernani Ssó (Página 2)

Posts por:Ernani Ssó

Ernani Ssó
Autor / 420 Posts
Ernani Ssó se define como “o escritor que veio do frio”: nasceu em Bom Jesus, em 1953. Era agosto, nevava. Passou a infância ouvindo histórias e, aos 11 anos, leu seu primeiro livro sozinho:Robinson Crusoé. Em 1973, por querer ser escritor, entrou para a Faculdade de Jornalismo, que deixou um ano depois.  Em sua estréia, escreveu para O Quadrão (1974) e QI 14,(1975), publicações de humor. Foi várias vezes premiado. Desenvolve projetos literários para adultos e crianças.
,

Perdão, leitores, caso vocês existam. Esta crônica é a coisa mais tosca que já escrevi. Mas, infelizmente, acho que ela é necessária. O que …

,

Em nova devassa num dos armários de minha biblioteca, topei com duas folhas com manchas amarelas de tempo e o texto abaixo datilografado na …

,

Há um leitor que deixou um comentário a uma coluna minha, onde eu falo da dignidade de certos criminosos no cinema e as atitudes …

,

Devo muito ao Verissimo, como escritor. Ele está entre os dez autores a quem mais devo. Mas não o culpem. Aprendi o que pude. …

,

Se rimos de católicos, macumbeiros, islamitas, cientologistas ou qualquer outro crente, corremos perigo de excomunhão, um despacho na encruzilhada, a cabeça a prêmio ou …

,

Há quem se entregue a Deus e passe a vida em branco, como juram passar vários bispos pedófilos. Mas nós, leigos de pai e …

,

CORVO DO POE – Você por aqui? Sei não, a entrevista com o Sérgio Fantini nem esfriou e mais papo sobre literatura no meio …

,

Durante a limpeza de uma pasta onde guardo os textos desta coluna e outros ocasionais, topei que esta pequena entrevista sobre Dom Quixote, onde …

,

Depois de meses vendo diariamente a cara de deputados, senadores, juízes, promotores, policiais e jornalistas com prontuários conhecidos, me vi pensando na dignidade de …

,

Dia desses, na esteira do Festival de Besteira que Assola o País, do Sérgio Porto, falei do Festival de Boçalidade que Assola o País, …

,

Provo a água da torneira – tem gosto e cheiro de podre. Faz meses que tem gosto e cheiro de podre. Mais um tempo …

,

Como vocês sabem – imagino que vocês colecionem minhas entrevistas e as releiam, quando chove em Macondo –, entrei para o ramo ao entrevistar …

,

Minha amiga Maia Sprandel lamentou esses dias a falta de soleira na rede mundial de computadores. Não é maluquice dela, não, mas uma referência …

,

Algumas pessoas não me levam a sério quando digo que se não gosto de um texto eu o jogo no lixo, ou na gaveta, …

,

Susana Vieira declarou esses tempos que com ela vai ser assim: direto do baile funk pro cemitério. É ou não é infinitamente melhor que …

,

Imagino que muitos escritores, uma hora ou outra, tiveram de decidir se escreviam em primeira ou terceira pessoa um conto, novela ou romance. Não …

,

Lendo os dados de uma pesquisa do IBGE, topei com a expressão “taxa de nupcialidade”. Li duas vezes antes de acreditar. Santa paciência, por …

,

CORVO DO POE – Antes de mais nada, duas explicações. Primeira: como é que você, um velho escriba, com barbas mais brancas que as …