"Inovação começa com a gente", sentencia Lísia Borba

Profissional é fundadora da escola Conquer, que surgiu no Vale do Silício

Público se aglomera em sala no Senac para ouvir palestra sobre Vale do Silício - Divulgação/Coletiva.net

A fundadora da Conquer - escola inovadora que surgiu no Vale do Silício, nos Estados Unidos -, Lísia Borba, falou sobre o que é inovação. Ela disse para uma turma de cerca de 50 pessoas, aglomeradas em uma pequena sala no Senac, que "inovação é uma ação de fazer algo diferente" e que não necessariamente está ligado à tecnologia. A profissional destacou que é olhar de um jeito diferente para um assunto ou sistema e conseguir transformar.

Lísia declarou que o mundo está em transformação constante, por isso surgiu a Conquer, a partir da insatisfação dos cursos tradicionais, com teoria e mais do mesmo. "A inovação começa com a gente e a gente tem que ser inconformado", defendeu ela, que disse, ainda, que as pessoas devem colocar em si próprios a responsabilidade de transformar. "Não podemos ficar apegados ao passado, nem ter medo de errar", comentou.

Ela rememorou a história do Vale do Silício, que surgiu com dois jovens que queriam inovar um aparelho de som, e trouxe alguns exemplos de inovação dentro do nosso universo, como o Youtube, que surgiu como um site de relacionamento e falhou. Hoje, é uma das maiores plataformas de entretenimento do mundo. "Pode dar errado, tem esse risco. O que não pode é não fazer. Temos que encarar o erro como aprendizado", disse.

Compartilhar ferramentas e ideia e confiar nos colegas foram pontos defendidos pela palestrante, que disse que entende que isso, hoje, é difícil, visto que as empresas estão divididas em setores e as pessoas são naturalmente desconfiadas. "Temos que ter a mentalidade de crescimento. Se a ideia está só na tua cabeça, ela não sai. Tem que compartilhar." Ao final, deixou a seguinte mensagem: "Olhem para o novo e pensem em formas de inovar".

A Conquer foi fundada há dois anos e, segundo Lísia, já impactou mais de oito mil pessoas, com 97% de aprovação. Ela surgiu em Curitiba e tem duas unidades em São Paulo, uma em Porto Alegre e, em breve, chegará a Belo Horizonte e ao Rio de Janeiro.

A equipe de Coletiva.net conta com o apoio do Grupo RBS e do Sicredi para a realização da cobertura em tempo real do BS Festival. Ao longo da programação, a editora do portal, Gabriela Boesel, as repórteres Júlia Fernandes, Luana Nyland, Marla Gass e Patrícia Lapuente, e a publisher Márcia Christofoli produzem conteúdo sobre o evento e seus bastidores, além de alimentarem as redes sociais com tudo o que acontece no evento. 

Comments