Notícias de mercado da comunicação do RS.

Home Colunas DO CARNAVAL

DO CARNAVAL

Compartilhar
,

Muita gente está ansiosa pela chegada desta sexta-feira, para sair em disparada para o litoral norte. Fazem do ‘feriado’ de Carnaval o seu último respiro antes de encarar de vez os desafios do ano de 2017. Então, a partir de amanhã vai ser uma loucura. Sim, porque as pessoas ficam ‘pré-loucas’ antes de o Carnaval chegar, na ansiedade que os dias corram rápido e se possa sair. E quando chega o dia de sair então…

Podem me chamar de chato, de ranzinza (fazia tempo que eu não via esta palavra!), mas não contem mais comigo para esta programação Carnaval-Litoral. Não dá. Porque é stress na estrada, é stress no supermercado, é stress na padaria, na farmácia, no restaurante e aquela multidão na beira da praia. De ir algumas vezes e voltar mais cansado do que fui é que veio esta desistência. Carnaval, tô fora!

Para quem só tem estes dias para tirar de folga, até entendo. Mas para quem ou já tirou férias ou vai tirá-las, não consigo compreender. Claro, tem o fator loucura total, em que as pessoas se permitem fazer coisas que em outra época do ano não se permitem: beber (muito), transar (com várias pessoas) e dizer coisas e coisas e coisas, no espírito ‘Uhuuuu!’. Aí que mora o perigo.

Porque uma pessoa agindo assim já é complicado e perigoso (para si (mas até aí morreu Neves, pois se ela quer causar mal a si mesma…) e para os outros (impossível ficar somente olhando uma pessoa prejudicar várias ao seu redor, às vezes de maneira irrecuperável (Aids, por exemplo)). Então, é um período potencialmente perigoso. Ah, e falar: nesta época do ano, por sentirem-se liberadas a agir de qualquer forma, são ditas muitas vezes coisas que terminam com uma relação e/ou com uma pessoa (o ouvinte), ou ambas. Aí é um dano que pode ser também para a vida inteira.

Sei que quem teve a paciência de ler até aqui deve estar me achando caretão e tal, mas não me importo. Dá para curtir o Carnaval sem este espírito enlouquecido e danoso a si e aos demais. É só pegar mais leve, não diluir o superego em álcool (ou outras drogas), não se deixar contaminar pelos outros (não é fácil, é um exercício) e, principalmente, ter em mente que depois do Carnaval a vida segue, com suas responsabilidades e que precisamos estar inteiros e vivos para tocar em frente. Para esta ocasião, uma letra de música:

Tocando em frente

Almir Sater

Ando devagar

Porque já tive pressa

E levo esse sorriso

Porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte

Mais feliz, quem sabe

Só levo a certeza

De que muito pouco sei

Ou nada sei

Conhecer as manhas

E as manhãs

O sabor das massas

E das maçãs

É preciso amor

Pra poder pulsar

É preciso paz pra poder sorrir

É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida

Seja simplesmente

Compreender a marcha

E ir tocando em frente

Como um velho boiadeiro

Levando a boiada

Eu vou tocando os dias

Pela longa estrada, eu vou

Estrada eu sou

Conhecer as manhas

E as manhãs

O sabor das massas

E das maçãs

É preciso amor

Pra poder pulsar

É preciso paz pra poder sorrir

É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia

Todo mundo chora

Um dia a gente chega

E no outro vai embora

Cada um de nós compõe a sua história

Cada ser em si

Carrega o dom de ser capaz

E ser feliz

Conhecer as manhas

E as manhãs

O sabor das massas

E das maçãs

É preciso amor

Pra poder pulsar

É preciso paz pra poder sorrir

É preciso a chuva para florir

Ando devagar

Porque já tive pressa

E levo esse sorriso

Porque já chorei demais

Cada um de nós compõe a sua história

Cada ser em si

Carrega o dom de ser capaz

E ser feliz

DICAS DO GUION

Neste final de semana, muitos só querem saber de praia e Carnaval. Porém, muitos outros querem saber de ficar em Porto Alegre (que, certamente, estará civilizada) e sim, de estreias e cinema, muito cinema! O Guion conta com duas estreias de alta qualidade:

ESTREIAS

A Jovem Rainha (Finlândia-Alemanha-Canadá-Suécia-França, histórico/drama/romance, com direção do talentoso (e radicado no Brasil) Mika Kaurismäki, 106 min)

Mistério na Costa Chanel (França-Alemanha, comédia dramática/fantasia, com direção do igualmente talentoso Bruno Dumont, 122 min)

EM CARTAZ

E seguem em cartaz filmes imperdíveis! Toni Erdmann, Lion-Uma Jornada para Casa, O Apartamento e Um Homem Chamado Ove.

Para quem não quer ficar vendo o bloco passar, ou para quem quer ver o bloco passar e fazer algo muito mais interessante, o Guion está aguardando, com o ar condicionado de sempre, seu delicioso café e atrações e exposições culturais. Confira mais em: www.guion.com.br.