Notícias de mercado da comunicação do RS.

Home Colunas O coração precisa bater

O coração precisa bater

Compartilhar
,

Para saber decidir a formação certa, uma das premissas é ser aquela que te acelera, mas, por outro lado, não te tira o chão. Ela carrega consigo alguma(s) das qualidades que te acompanha ao longo da vida. Pode ser logo na escolha do vestibular, ou então no primeiro estágio ou numa cadeira que te prendeu nas sextas, mesmo terminando às 22h15, a mais de 40 km de casa. Pode ser que ela também não tenha nada a ver com a graduação, mas foi àquela especialização de dois anos que mexeu contigo e mudou o rumo, acertando o caminho de uma vez por todas.

O fato é que eu sinto isso quando sou desafiada a criar um texto novo em um papel totalmente em branco. Meus batimentos também aceleram com o ritmo de ver o barco navegando na direção correta e eu ajudando a pilotar, conhecendo novos caminhos, mas tendo o meu eixo, o que me faz gostar de ter uma terra para voltar.

Bom é quando nos sentimos como essência para o que fizemos, além de ser essencial, parte do resultado final.

Ser um bom profissional é vibrar com o conjunto de atributos – de diferentes pessoas – que se convive e saber fazer disso um prazer diário. Ou então é saber que tem uma coluna semanal e te inspirar nos 45 do segundo tempo para escrever. E sair um texto como esse, que me ajudou a refletir sobre um dos meus melhores prazeres, a minha vocação.

Autor
Grazielle Corrêa de Araujo é formada em Jornalismo, pela Unisinos, e Pós-graduada em Marketing de Serviços, pela ESPM. Atualmente cursa MBA em Propaganda, Marketing e Comunicação Integrada. É a responsável pela Comunicação Social do IPERGS. Atuou ainda na comunicação da Martins + Andrade, Uffizi, CDL Porto Alegre, Centro, Palácio Piratini e Assembleia Legislativa. É apaixonada por escrever, acredita na comunicação integrada e estuda para se tornar – também – profissional em Planejamento. Tem o site www.graziaraujo.com.