Notícias de mercado da comunicação do RS.

Home Colunas Atravessando a pauta

Atravessando a pauta

Compartilhar
,

Então você tenta se concentrar na matéria a fazer, mas não consegue; tenta não se irritar com o chefe que há pouco lhe disse coisas arrogantes ou machistas, mas também não consegue; tenta esquecer aquela briga de ontem com o seu par, mas isto fica atrapalhando os pensamentos;  tenta pensar que sua preocupação com dinheiro não resolve, só incomoda e polui os pensamentos produtivos, mas nada: tudo parece que vai atravessando a pauta da vida.

Às vezes isto acontece muitas vezes ao longo do dia, todos os dias, em todas as horas. Porém (e ainda bem!) há períodos na vida em que estamos mais em paz e que são poucas atravessadas de pauta que ocorrem. Ficam mais restritas a momentos, situações pontuais.

Um grande agente poluidor do ambiente das organizações são estas atravessadas de pauta. Interferem no desempenho, na produtividade e até em prazos de realização de trabalhos e mesmo no ambiente interno.

Assim, em que pese a necessidade de qualificação técnica para desempenhar as atividades profissionais (estas qualificações são indispensáveis, sem dúvida), o que pega mesmo são os sentimentos. Se seu pêndulo não estiver oscilando adequadamente, danou-se. Porém, as pessoas ficam se enganando, achando que podem dar conta de tudo e que os sentimentos podem ser relegados a um segundo, senão terceiro plano. E digo que ficam se enganando porque mesmo que não estourem na forma de uma irritação, poderão estourar na forma de uma dor de cabeça, de uma gastrite e outras somatizações ou inconveniências piores.

Porém, como fazer as coisas melhorarem? Parece papo piegas, mas só harmonizando o ambiente, seja familiar, seja profissional, seja o ambiente público em geral. Pequenos atos de gentileza ou apenas de educação parecem coisa à toa, mas não o são. Promovem uma elevação do nível do ambiente e o princípio de sua pacificação.

A busca da harmonia em contraponto à agressividade necessária para que o ser humano “saia à caça” de seu sustento ainda hoje constituem um paradoxo na vida de todos nós. Porém, podemos aproximar paralelas sim. Não é necessário aceitarmos certas “verdades” como se de fato fossem. Podemos subverter a lógica de tantas coisas, por que não desta? Vamos promover uma harmonia maior em casa, na rua, no trabalho e não apenas nas igrejas, centros espíritas, de umbanda ou casas de caridade.

Sem sermos ingênuos, é claro. Porque há gente que têm por anterioridade a vontade de enganar, de passar a perna. Aí é preciso estar prevenido e não ser presa fácil.

Mas ao final e ao cabo, quase tudo é sentimento. E se conseguirmos promover, mesmo que aos poucos, um ambiente mais salutar ao redor de nós, estaremos contribuindo de forma gigantesca para melhorar o nível dos sentimentos dos seres humanos, uns pelos outros. O ambiente interno e externo das organizações. A produtividade. E, enfim, o recurso gerado. E não é nada fácil fazer isto e sobreviver, nunca disse que seria fácil. Mas cada vez que conseguirmos, será (aí sim) o sucesso.

Aos que tiveram o interesse e a gentileza de ler até aqui, agradeço. E quero dizer que promover a harmonia não é igual a ficar esperando de forma passiva que as coisas aconteçam. Mas sim atuar de forma ativa a gerar este ambiente e promover o desenvolvimento humano, tecnológico e financeiro do mundo. Convido todos a, ao menos, refletirem sobre isto: o que está atravessando as suas pautas no dia a dia?

DICAS DO GUION

Ah, um cafezinho agora… E o que dizer de tomar antes de um grande filme? Já pensou? Pois não pense, pois isto tudo pode acontecer da melhor forma possível no Guion, um complexo multicultural e gastronômico encravado há décadas no coração da Cidade Baixa. Confira as estreias:

ESTREIAS

O Cidadão Ilustre (Comédia, Argentina, 118min, com direção de Mariano Cohn e Gastón Duprat)

Impeachment: o Brasil nas Ruas (Documentário, Brasil, 60min, com direção de Beto Souza e Paulo Moura)

Taego Ãwa (Documentário, Brasil, 75min, com direção de Marcelo Borela e Henrique Borela)

PRÉ-ESTREIA

Más Notícias para o Sr. Mars (Comédia, França-Bélgica, 101min, com direção de Dominik Moll)

EM CARTAZ

Seguem em cartaz os excelentes A Filha, Argentina, Paterson e Além das Palavras

SUSHI NO GOKAN

Por que escolher o melhor? Ora, porque o melhor é o mais gostoso, o mais saboroso, o mais bem ambientado, o melhor atendido, com a melhor localização e de onde você só sai plenamente satisfeito! Quem não quero tudo isto de uma só vez? Pode ser no almoço ou no jantar, pois o Gokan e sua equipe estão de portas e braços abertos esperando por você e seus amigos, sua família ou seus parceiros de negócios. Há tantas delícias no cardápio que fica difícil escolher uma só! Só mesmo indo lá e tendo esta agradável dúvida para saber do que estou falando. Vá hoje ao Gokan e conheça de perto tudo isto de que estou falando. www.gokan.com.br.