A arte de escrever

Esse negócio de se expressar por meio das palavras é muito louco - ao mesmo tempo em que é fascinante. Há dias em que bastam cinco ou 10 minutos e 'puf', o texto está pronto. Como não sou boa revisora, pois leio apenas uma vez antes de enviar/publicar, já coloquei como meta diminuir esta mania em 2018, porque revisão faz parte do jogo e da busca pelo melhor.

Escrever também tem dessas coisas de dar branco, tipo um 'tilt' mesmo. Dias que falta algo que dê um 'clique' e vire inspiração, que paramos no primeiro parágrafo ou que escrevemos, escrevemos e não escrevemos nada. Nessas horas, a solução é levantar da cadeira, dar uma volta, tomar um café e depois tentar de novo. Porque forçado, não rende, não fica escrito de coração (sim, porque escrever tem dessas coisas).

Carrego comigo os ensinamentos da Cris Lisboa, uma escritora tão encantadora, que transformou a arte de escrever em aulas. O Go, Writers!, como carinhosamente se chama o curso, deu-me - entre tantas outras - uma dica de pré-selecionar palavras antes de redigir. Sabe que dá certo? Não costumo usar diariamente, mas quando uso, fica um texto harmonioso, com razão de ser, pensado e planejado antes de ser concebido. Se não me engano, são oito palavras, mas nada que não possa ser adaptado conforme a demanda. Para quem quer começar e não sabe por onde, aí está uma boa dica.

Ter uma coluna semanal aqui no Coletiva.net me faz reparar, estudar e anotar no bloco de notas o que poderia ser apenas mais uma cena do cotidiano, uma experiência diária ou uma simples conversa no café. Escrever me leva para um mundo à parte, para um universo onde os dedos têm voz e o pensamento vai longe.

Autor
Grazielle Corrêa de Araujo é formada em Jornalismo, pela Unisinos, pós-graduada em Marketing de Serviços, pela ESPM, e com MBA em Propaganda, Marketing e Comunicação Integrada, pela Cândido Mendes. É a responsável pela Comunicação Social do IPE, da Sociedade de Cardiologia do RS (Socergs) e da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV). Atuou ainda na comunicação da Martins + Andrade, Uffizi, CDL Porto Alegre, Palácio Piratini e Assembleia Legislativa. Tem o site www.graziaraujo.com.

Comentários