Aquele baita orgulho em pertencer

Por Grazi Araujo

Escrever sobre os 20 anos do Coletiva.net é fazer uma retrospectiva na minha carreira. Desde os tempos de estudante de Jornalismo, que se iniciou em 2002, a minha referência para saber de tudo que acontecia na comunicação sempre foi o Coletiva.net. Ainda sob a gestão do mestre Vieira da Cunha, me arriscava a mandar alguns artigos como aspirante à jornalista. Eu vibrava com cada publicação que tinha meu nome assinado, me derretia quando a resposta da sugestão de texto voltava com um elogio. E quando fui parar no 'Onde estão'?. Tudo sempre foi motivo de comemoração.

Quando descobri minha paixão por escrever, eu passei a sonhar em ser, um dia, colunista. Foi então que, em agosto de 2015, o relacionamento se tornou mais sério. Eu me tornei a colunista mais jovem do portal - cercada de um time da melhor qualidade -, com o desafio de trazer para o leitor um pouco da minha experiência, do meu feeling, das minhas percepções e, claro, da minha opinião.

Têm dias que o texto flui de uma maneira ímpar, outros que dá aquele branco geral e normal na vida de qualquer jornalista. Muitas madrugadas de anotações no bloco de notas - daquelas inspirações que dá no meio da noite mesmo e, depois de tanto esquecer achando que ia lembrar na manhã seguinte, aprendi a anotar. Adoro quando alguém próximo me sugere temas (- Grazi, lembrei de ti e da tua coluna! - Tal assunto é a tua cara!), lê, comenta, compartilha, critica. Tem textos longos, que contam histórias. Os curtinhos, diretos e retos. Os que são escritos como se estivessem sendo falados, daqueles que quem me conhece lê e diz: - Parecia que eu estava te ouvindo! Ter o compromisso de escrever semanalmente é um baita prazer e um exercício que ajuda a manter a mente e a imaginação em forma. É um baita orgulho quando me apresento como colunista do Coletiva.net. E sim, eu me exibo.

Quando passamos a 'conversar' com um público tão grande, não imaginamos até onde podemos chegar. Métricas são sempre válidas, mas o alcance real das publicações não conseguimos mensurar. Talvez só quem tenha o mesmo privilégio em escrever desta forma possa entender essa imensidão.

Não posso deixar de citar o quanto fiquei feliz e orgulhosa com o sucesso que duas jovens jornalistas, como a Márcia e a Gabi, estão tendo frente ao nosso portal (me acrescentei nesse 'nosso' porque me sinto da família mesmo!). Uma equipe engajada, competente e dedicada a trazer, de forma muito clara e objetiva, as notícias deste universo da comunicação. Na minha seleção de constantes abas abertas no navegador, o Coletiva.net tem cadeira cativa. Desejo, de coração, vida longa e sempre próspera. Fica o meu desejo de estar sempre pertinho para comemorar mais 20, mais 20 e mais 20 e mais quantos anos vocês se dedicarem à nossa paixão de informar.

Autor
Grazielle Corrêa de Araujo é formada em Jornalismo, pela Unisinos, pós-graduada em Marketing de Serviços, pela ESPM, e com MBA em Propaganda, Marketing e Comunicação Integrada, pela Cândido Mendes. Atualmente é chefe de Comunicação Social na Casa Civil do Rio Grande do Sul. Também responde pela Comunicação Social da Sociedade de Cardiologia do RS (Socergs) e da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV). Tem o site www.graziaraujo.com.

Comments