Construindo capítulos de vida

Por Grazielle Araujo

Você já parou para pensar em quantas novas histórias criou nos últimos meses? O quanto saiu da zona de conforto e resolveu se aventurar? Em superar o desafio do medo, da rotina e do sempre deu certo assim?

Não me refiro somente a questões profissionais, mas também em estilo de vida. E mais: uma coisa leva a outra, influencia no comportamento, nas opiniões, nas tomadas de decisões.

Decidi viajar sem meu filho há um mês. Uma mini lua de mel, que quase foi por água abaixo na despedida chorosa do pequeno e no coração apertado dos pais. Mil dúvidas e incertezas vieram na cabeça e o medo de que as coisas não sairiam como sempre foi tomou conta de mim. Mas não recuei. Superei tudo aquilo que escrevi ali em cima e - acredite - não foi nada fácil. Então, me dei conta que todos sobreviveram e criaram novas - e legais - histórias. Ele, longe dos pais. Nós, longe do filho. Com a cabeça despreocupada com toda a rotina e responsabilidade que estamos habituados. Ele, sem a cobrança dos pais e com os mimos dos avós.

Na carreira? Por ironia do destino, a história está se repetindo. Eu, que sempre gostei de brincar de dança das cadeiras na infância, conto com a sorte de saber jogar.

O saldo disso tudo é o resumo de viver em busca de novas satisfações, de daqui a 10 anos olhar pra trás e dizer: eu faria tudo de novo.

Autor
Grazielle Corrêa de Araujo é formada em Jornalismo, pela Unisinos, pós-graduada em Marketing de Serviços, pela ESPM, e com MBA em Propaganda, Marketing e Comunicação Integrada, pela Cândido Mendes. Atualmente é Chefe de Gabinete do IPE Saúde. Também responde pela Comunicação Social da autarquia, da Sociedade de Cardiologia do RS (Socergs), da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV) e da Valor Fiscal. Tem o site www.graziaraujo.com.

Comentários