De mãe para filho

Essa semana foi especial lá em casa. Começaram as aulas do meu pequeno no 'colégio grande'. Para contribuir com a magia desse momento, decidimos que o Vitor seguiria sua vida escolar no mesmo lugar que a mamãe estudou. Dei-me conta de que, além do ensino de qualidade, foram 12 anos de uma história que escrevi lá dentro.

A felicidade de ver meu filho correr naquele pátio que carrega tanta molequice minha, dele carregar a mochila pelos corredores das salas de aula nas quais aprendi tanto e saber que ele vai fazer grandes e eternos amigos, faz com que tudo se torne ainda mais nostálgico e feliz.

Aí, dei-me conta de que a boa experiência fez com que nossa família se tornasse 'cliente' daquela determinada escola, assim como a minha indicação para diferentes amigos também pesou na hora da decisão deles. Claro que a linha pedagógica, a estrutura, o nível do ensino e a localização contaram muito na escolha, mas o fato de eu já ter vivido aquilo e querer repetir com o meu filho, foi o que mais influenciou na nossa 'decisão de compra'. A cada ida à escola, encontro antigos colegas que, hoje, estão, também, levando seus filhos para lá, com a mesma sensação de pertencimento e de felicidade que eu levo o meu.

As empresas, principalmente as de serviço, precisam se dar conta de que a conquista do cliente está muito baseada em situações como essas que acabei de descrever. Pois o serviço em si é semelhante e a concorrência é gigante quando falamos de escolas, por exemplo. Mas a memória afetiva e o fato de saber que já deu certo uma vez, acaba fazendo com que o consumidor opte por não arriscar e, com isso, se torne cada vez mais fiel e defensor da marca. Agora, a 'minha escola' se tornou 'nossa escola'. Já que acabei o texto vou aproveitar para chegar uns minutinhos antes e sentar debaixo de uma árvore do pátio da escola para continuar relembrando tantos momentos bacanas vividos por lá.

Autor
Grazielle Corrêa de Araujo é formada em Jornalismo, pela Unisinos, pós-graduada em Marketing de Serviços, pela ESPM, e com MBA em Propaganda, Marketing e Comunicação Integrada, pela Cândido Mendes. É a responsável pela Comunicação Social do IPE, da Sociedade de Cardiologia do RS (Socergs) e da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV). Atuou ainda na comunicação da Martins + Andrade, Uffizi, CDL Porto Alegre, Palácio Piratini e Assembleia Legislativa. Tem o site www.graziaraujo.com.

Comentários