O Jogo de Damas está de volta

Sabe quando tu tens um carinho enorme por um projeto e, quando ele volta a circular, tua vontade é compartilhar com todo mundo. Então, informo (se vocês ainda não estiverem sabendo) que o meu amado Jogo de Damas está de volta. O formato é novo, mas o conteúdo continua enriquecedor. Conheci a iniciativa lá em 2012/2013 (se não me engano) e me empolgou desde o início. Na época, eu conheci a parte dos eventos que reuniam mulheres empreendedoras de tempos em tempos para falar de negócios e carreira. A primeira vez, fui com a Natalie Machado, quando ela estava iniciando o Studio dos Aromas, e o tema era gastronomia. Enxergar aquelas mulheres juntas buscando reconhecimento, evolução pessoal e profissional e apoiando umas às outras, me encantou. E ali eu também me encontrei.

Fui frequentadora assídua por um bom tempo dos eventos, até que comecei a me envolver ainda mais com o projeto. Conheci melhor a Deb Xavier, idealizadora do Jogo de Damas, e que sempre foi e, ainda é, para mim, um nome referência em empreendedorismo feminino. E porque não dizer uma referência como mulher: foi mãe adolescente, cursou Arquitetura e Urbanismo e depois mudou para Relações Internacionais, morou fora do País, se formou no ano retrasado em RI, montou próprio negócio, ajudou outras mulheres a terem voz, e mesmo com todas as suas inseguranças (sim, todas temos), alçou voo por aí e hoje está lá na Vai.car mostrando como a participação feminina deve ser cada vez maior em qualquer tipo de empresa, e, principalmente, em postos de liderança. Tenho um orgulho enorme dela. E ela sabe disso!

Com o meu maior envolvimento no Jogo de Damas, acabei conhecendo uma turma de mulheres incríveis, e estive dentro da equipe de dois dos maiores eventos realizados pelo projeto. O Jogo e a Deb não me deram apenas subsídios para me enxergar mais e, sim, me empoderar, saber meu potencial e onde eu quero e posso chegar. Porque estar perto de mulheres que fazem acontecer sempre vale a pena desde que o mundo é mundo! Minhas melhores amigas (só mulheres FODA), conheci em função do Jogo de Damas.

E, depois de um tempo em stand by, o projeto retornou há algumas semanas com muita injeção de conteúdo sobre tudo que nós mulheres precisamos para dar um up na carreira, já que sabemos que nosso desafio diário no ambiente profissional não é simples e é importante termos consciência que não estamos sozinhas nisso! Dá vontade de parar tudo e mergulhar em cada item da newsletter. Assinem lá no http://jogodedamas.news, que toda a semana chega uma news recheada de material supernecessário e atual para seguirmos em frente, cada vez mais preparadas e certas do que queremos!

Autor
Jornalista, formada pela Universidade Federal de Santa Catarina, especialista em Marketing e mestre em Comunicação - e futura relações públicas. Há 15 anos, atua em assessoria de imprensa, comunicação corporativa, produção de conteúdo e relacionamento. Possui experiência no atendimento de clientes, públicos e privados, das áreas de educação, moda, gastronomia, entretenimento, música, varejo, construção civil, setor moveleiro, automobilístico e instituições financeiras. Tem passagens pela Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul, e, na área cultural, fez a divulgação de mais de 30 shows nacionais e internacionais na capital gaúcha. Atualmente, é Gerente de Atendimento na CDN Sul e integra a diretoria da ABRP RS/SC.

Comentários