Woody e Gilda

"Quem pensa que New York é a cidade dos hambúrgueres

está enganado. Mas se você quiser provar os

melhores sanduiches do mundo, venha para cá."

(Woody Allen)

***

Em 1966, ele escreveu para a The New Yorker uma divertida versão da invenção do sanduíche - e sua transformação em uma instituição novaiorquina. O título não tinha muito sentido ('Yes, But Can The Steam Engine Do This?') e o texto, também não. Nele, Woody Allen confessa que, enquanto saboreia um bom sanduíche, tenta construir uma imagem mental de como o Lord Sandwich conseguia ganhar no pôquer e mastigar sua invenção ao mesmo tempo. E sugere que aquele sanduiche de presunto e queijo original deveria estar em exposição permanente em uma geladeira envidraçada no British Museum.

Sabemos que os filmes de Woody Allen combinam humor judaico, psicanálise, culpa, sexo e ironia sobre os fenômenos subjacentes ou explícitos de nossa atualidade. E, em algumas vezes, ele se dá ao luxo de encarnar na tela o personagem que criou: um intelectual, neurótico, inquieto e inseguro, de personalidade contraditória à sua na vida real.

O diretor de 'Meia Noite em Paris' foi indicado 23 vezes ao Oscar, ganhou três com o melhor roteiro original e um como melhor diretor. Woody Allen é um mulherengo contumaz, um excelente clarinetista e adora jazz. Mas a única das taras que assume é o sanduíche de pastrami. A tal ponto que ganhou uma homenagem da The Carnegie Deli, a icônica delicatessen de Nova York, que tem um sanduíche gigante que faz sucesso entre os turistas. É feito de pão de centeio, uma montanha de fatias de pastrami, temperadas com três tipos de mostarda e acompanhado de pepinos picantes em conserva.

Quando soube que o Sanduíche Woody Allen era um campeão de vendas, seu comentário sarcástico não podia ser outro:

"É uma pena que meus filmes não façam o mesmo sucesso."

O pastrami é uma carne bovina sem gordura, curada por 30 dias em salmoura  e condimentada com páprica, pimenta, cominho, zimbro e alho. É defumada e depois assada lentamente em fogo baixo. Consta que é originária dos Balcãs, a península meridional da Europa onde ficam os países da antiga Iugoslávia (Bósnia, Croácia, Eslovênia, Kosovo, Macedônia, Montenegro e Servia). Quem trouxe o pastrami para a Costa Leste (curiosamente, é raro encontrá-lo nos cardápios da Costa Oeste) foram os imigrantes judeus do Leste europeu, que se instalaram nos arredores da Delancey Street. O pastrami foi adotado pelas descendências, que continuam a evitar a carne de porco, seguindo a ancestral proibição dos textos hebraicos antigos e do Antigo Testamento.

***

Quando estava casado com a musa Diane Keaton, Woody Allen cometeu uma indiscrição ao afirmar publicamente que considerava Rita Hayworth a mulher mais sexy da história de Hollywood. O que gerou uma grande bronca de Diane Keaton. Mas logo fizeram as pazes, quando ele mostrou a ela a foto que o seduzira. Era uma foto de 1941, clicada por Bob Landry para a revista Life. A foto, célebre na época, mostrava Rita Hayworth na praia, vestindo um sedutor maiô de duas peças e saboreando um sanduíche. Diane Keaton o absolveu na hora, pois soube que ele se apaixonara pelo sanduíche e não pela Gilda.

***

Autor
José Antônio Moraes de Oliveira é formado em Jornalismo e Filosofia. Atuou em jornal em A Hora, Jornal do Comércio e Correio do Povo. Trocou o jornalismo por publicidade, redigindo anúncios na MPM Propaganda. Diretor de contas internacionais, morou por anos na ponte aérea Porto Alegre/ São Paulo/ Rio/Miami/New York. Foi diretor de Comunicação do Grupo Iochpe e co-fundador do Cenp (Conselho Executivo das Normas-Padrão). Atualmente, reside na Serra gaúcha.

Comentários