"Queremos fazer do SindJors a casa dos jornalistas", diz Vera Daisy

Presidente eleita do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul toma posse em 1º de agosto

Vera Daisy Barcellos é a nova presidente do SindJors - Divulgação/Coletiva.net

Nesta quinta-feira, 18, foi finalizada a eleição para a nova diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SindJors). Na ocasião, foi confirmada a vitória da chapa única 'Jornalistas na Resistência', encabeçada por Vera Daisy Barcellos. Em conversa com Coletiva.net, a nova presidente da entidade reforçou que buscará a aproximação da categoria: "Queremos que o SindJors seja a casa do jornalista".

Foram 155 votos destinados à nominata, de um total de 163 - três foram em branco e cinco nulos. Em entrevista ao portal, Vera ressaltou que a nova diretoria terá um grande desafio pela frente, que é trazer de volta a categoria ao SindJors. "Quero ressaltar o empenho dos dois mandatos do presidente Milton Simas e afirmar que vamos aperfeiçoar o trabalho que ele vinha fazendo, trazendo de volta os jornalistas que se afastaram do sindicato nos últimos anos", contou.

Para os três anos de seu mandato - de 2019 a 2022 -, Vera ressaltou que confia muito no coletivo e pretende levar para dentro do SindJors os profissionais de fora das grandes empresas de comunicação, como os que atuam em assessoria de imprensa. Além disso, a presidente eleita reforçou a predominância feminina na coordenação da entidade: são 16 mulheres de uma diretoria com 30 jornalistas.

Dentre os objetivos de seu mandato, a jornalista salientou que pretende uma aproximação com as universidades, a fim de levar jovens estudantes a se associarem, e um maior contato com entidades de outros segmentos, com o intuito de fortalecer o movimento sindical como um todo. "Queremos dialogar com toda a categoria, e os universitários fazem parte desse grupo, pois eles, logo ali, estarão no mercado de trabalho. Nossa ideia é ouvir também deles o que eles esperam de nós", avisou.

A PEC do Diploma é outra aposta da nova diretoria. "O assunto está parado, mas queremos retomar essa questão, embora entendamos que esta não é uma prioridade do governo atual", comentou. Eventos como palestras e cursos também estão nos planos. Inclusive, a entidade ampliou uma das salas da sede para receber profissionais. Assim, deixa de alugar o auditório da Associação dos Cronistas Esportivos Gaúchos (Aceg), que fica no mesmo prédio. "O valor cobrado era convidativo, mas a atual situação financeira em que nos encontramos requer o máximo de economia possível", explicou Vera Daisy ao portal.

Além de escolher a nova gestão do Sindicato, nestas eleições também foi conhecida a Comissão Estadual de Ética do SindJors. Os cinco jornalistas mais votados foram: Vera Spolidoro, Carlos Bastos, Celso Schröder, Gilmara Gil e José Antônio Silva.

Comments