Após julgamento de recursos, licitação de POA é liderada por Morya e Escala

Centro perdeu pontos e acabou caindo para quarto lugar

Prefeitura de Porto Alegre - Reprodução

Após recursos apresentados no processo de licitação da Prefeitura de Porto Alegre, que vai contratar duas agências de publicidade, o resultado inicial mudou. Ao acatar parcialmente algumas razões e indeferir outras, a Morya segue em primeiro lugar - com mais de 20 pontos na frente -, mas a segunda posição agora é ocupada pela Escala. No primeiro resultado, aparecia como vice a agência Centro, que agora está em quarto lugar, tendo sido passada também pela Matriz. A nova decisão está publicada em edição extra do Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa) desta segunda-feira, 4.

A Comissão Especial de Licitação deferiu parcialmente os recursos interpostos por Escala e Engenho de Ideias, mas recusou os das agências Matriz e Competence. A próxima etapa é a abertura das propostas de preço, marcada para logo mais, às 14h30, na Rua Siqueira Campos, 1.300, sala 301. A partir da quinta-feira, 7, começa a contar o prazo de cinco dias úteis para apresentação de recursos dessa outra fase.

Desde que fora interrompida por orientação da Procuradoria Geral do Município (PGM), a concorrência divulgou novo briefing - em 2 de julho -, o que atraiu sete concorrentes:  além das que encabeçam a licitação, Competence, Engenho de Ideias, EscalaCity+, Matriz e SPR apresentaram suas propostas. Está em disputa uma verba de R$ 5 milhões para seis meses.

Confira a nova classificação das agências:

Morya - 99,93

Escala - 78,67

Matriz - 78,50

Centro - 78,27

Engenho de Ideias - 75,83         

SPR - 73,33

Competence - 72,30

Leia mais:

Morya e Centro lideram licitação da Prefeitura de Porto Alegre

Sete agências disputam conta da Prefeitura de Porto Alegre

Licitação da Prefeitura tem novo briefing para agências

Licitação da Prefeitura para agências volta à fase de briefing

Licitação da Prefeitura de POA para publicidade é interrompida

Escala e SPR são as primeiras colocadas em licitação da PMPA

Comments