Gaúcha se torna membro vitalício da Academia de Letras, Artes e Cultura

Ana Pregardier é a primeira representante do Rio Grande do Sul a ser selecionada

Solenidade de posse ocorrerá em 22 de setembro - Divulgação

A escritora e educadora gaúcha Ana Pregardier foi convidada pela Academia Brasileira de Letras, Artes e Cultura para se tornar membro vitalício da instituição. Ela, que possui um total de 28 obras, das quais 15 são livros e 13 são jogos, é a primeira representante do Rio Grande do Sul a ser selecionada. A posse se realizará em 22 de setembro, às 13h, no Salão Nobre da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

De acordo com o presidente da entidade, Helbert Pitorra, levou-se em consideração na seleção de Ana a relevância das obras escritas em estilo literário interativo e gamificado. Igualmente a abordagem da temática sobre Educação Financeira, a qual é pertinente ao desenvolvimento e à formação para incentivo à leitura.

Chamado também de imortal acadêmico, o título é destinado a escritores e personalidades artísticas criadoras de obras com grande expressão ou que desenvolveram projetos de grandes amplitudes acadêmica, científica, cultural e social. A nomeação é decidida em reunião ordinária, após avaliação minuciosa das publicações e verificação de sua relevância. Esta intitulação é reconhecida pelos governos estaduais da República Federativa do Brasil, tal como pelos países de língua portuguesa e de tratado bilateral com a Academia.

Comments