IstoÉ fecha sucursal de Brasília e demite jornalistas

Operação do escritório da capital federal foi encerrada no começo desta semana

Localizada em um prédio comercial na Asa Sul, em Brasília, a sucursal da IstoÉ teve sua operação encerrada no começo desta semana. O fim das atividades da redação da revista semanal foi confirmado pelo até então diretor do escritório da capital federal, Rudolfo Lago, em seu perfil no Facebook. No total, dois jornalistas foram demitidos e outro será realocado.

"Não tenho a menor dúvida de que é um passo célere para o fim da revista e da Editora Três. Tomou-se também a decisão de acabar com a revista Planeta, a primeira publicação da editora fundada por Domingo Azulgaray", escreveu o profissional. De acordo com o Portal Comunique-se, Lago informou que o processo para descontinuar o trabalho da equipe foi rápido. Ainda na condição de liderança da sucursal, ele recebeu um telefonema da direção da Editora Três de São Paulo na manhã da última segunda-feira, com a ordem de comunicar que o escritório seria fechado. A partir daquele instante, a produção de conteúdo cessou e, no mesmo dia, pela tarde, as rescisões dos membros da sucursal já haviam sido assinadas.

Além de Lago, a sucursal da IstoÉ em Brasília contava com os jornalistas Ary Filgueira e Wilson Lima. Filgueira também foi demitido. Lima, por sua vez, segue como contratado da Editora Três e deverá trabalhar no sistema home office a partir de agora, porém, não foi informado para qual publicação irá contribuir. O espaço também contava com a presença de Suely Melo como secretária de redação.

Comments