Lasier assegura que não é candidato em 2010

Como em 2006, comunicador da RBS voltou a ser assediado para concorrer a um cargo eletivo

O comunicador Lasier Martins revelou a Coletiva.net agora à tarde que não tem nenhuma vontade de concorrer a qualquer cargo eletivo em 2010. "Não me atrai este clima político de hoje, e estou muito bem na minha empresa" - o Grupo RBS, onde tem espaços na rádio Gaúcha e na TVCom. Ele tem ficha no PDT há vários anos, fruto ainda da influência do pai, que foi um admirador de Getúlio Vargas. A filiação era pouco conhecida até alguns dias atrás porque Lasier sempre manteve em reserva esta informação. 

Os comentários de que poderia ser candidato ao Senado no ano que vem são praticamente iguais aos registrados há quatro anos. Há quase exatos quatro anos, em 5 de outubro de 2006, Coletiva.net publicou uma nota com o mesmo título desta de hoje. Na época, revelou que fora "muito pressionado", especialmente pelo PDT. A nota acrescentava: "PSDB e PPS também cercaram o comunicador, nos dois casos tendo como emissários políticos com mandato. Lasier disse que ficou ?até contrariado?".

Comentários