Grandes e pequenos grupos locais de comunicação dividem espaço no TRF4

Profissionais gaúchos acompanham o julgamento do ex-presidente Lula na Sala de Imprensa do tribunal, em Porto Alegre

Andrei Rossetto, do SBT RS

Os veículos locais também estão bem representados na Sala de Imprensa do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, onde ocorre o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula  da Silva desde a manhã desta quarta-feira, 24. Jornalistas de grandes grupos de comunicação, como RBS, SBT, Band, Record e Jornal do Comércio, compartilham o espaço com repórteres do Sul21, do Jornal Já, do impresso Extra Classe, da revista Voto e da rádio Gazeta, de Santa Cruz do Sul.

A editora de mídias sociais da revista Voto, Rejane Frigeri, destacou o serviço do tribunal para os profissionais de imprensa. "Está sendo uma surpresa positiva, desde o credenciamento, que ocorreu muito tranquilamente, até o serviço de informática do TRF4, que tem atendido a todos a fim de resolver eventuais problemas", falou em entrevista ao Coletiva.net.

Rejane está abastecendo as redes sociais da publicação com informações sobre o julgamento, além de estar transmitindo em tempo real a sessão que já ultrapassa três horas desde seu início, às 8h30 desta quarta-feira. Após o resultado, a revista repercutirá o conteúdo da sessão por meio de análises e artigos no site e na versão impressa.

Representante do SBT RS e SBT Brasil, o repórter Andrei Rossetto também elogiou as instalações que o tribunal ofereceu aos jornalistas, tendo como única ressalva as mesas, que, segundo ele, poderiam ter mais à disposição dos profissionais de imprensa. "A organização está ótima e a internet está voando, o que facilita para todos nós." Andrei está alimentando a emissora em rede nacional com as informações sobre o julgamento por meio do Twitter e do canal no Youtube. Como exemplo de parceria entre os diversos veículos, Andrei compartilha a mesa com o jornalista André Machado, da Band News.

Comments