ONG pretende apurar fatos durante propaganda eleitoral gratuita

Iniciativa é da Pensamento.org, de Jornalismo e Direitos Humanos

Naira, Taís e Tiago | Crédito: Tânia Meinerz

A vaquinha virtual, lançada pela ONG de Jornalismo e Direitos Humanos www.pensamento.org, tem como objetivo checar as declarações dos gaúchos durante o período da propaganda eleitoral gratuita. As campanhas no rádio e na televisão acontecerão de 31 de agosto a 4 de outubro, conforme o calendário divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A iniciativa, cada vez mais crescente em tempos de pós-verdades, pretende arrecadar R$ 13 mil para comprovar a veracidade das afirmações dos concorrentes e as doações podem ser feitas por meio do site www.catarse.me/filtro2018.   

O projeto será comandado por Taís Seibt, que estuda a prática de verificação de fatos no Brasil em sua pesquisa de doutorado na Ufrgs. Em sua trajetória, ela já passou pelas redações de Zero Hora, Estadão e BBC Brasil. "Já tivemos experiências pontuais de checagem em veículos locais, mas faltava uma iniciativa integralmente dedicada a esse trabalho com foco nas questões regionais. O Filtro surge para preencher esta lacuna."

Os demais integrantes da equipe são: Tiago Lobo, criador da Pensamento.org, e Naira Hofmeister, que tem experiência no desenvolvimento de reportagens financiadas por doações virtuais, a exemplo do Dossiê Cais Mauá, realizado pelo Jornal Já.

Comments