Panda Filmes comemora resultados no mercado nacional

Neste ano, a produtora de audiovisual gaúcha lançou dois longas-metragens nos cinemas brasileiros

Nas fotos, Natallia Rodrigues e Thierry Figueira - Paula Uchoa

Fundada em 2002 em Porto Alegre, a Panda Filmes, que já teve mais de 20 títulos lançados, comemora os resultados no mercado nacional. Neste ano, a produtora audiovisual, dos gaúchos Beto Rodrigues e Tatiana Sager, lançou os longas-metragens 'Comboio de Sal e Açúcar' e 'Em 97 Era Assim' nos cinemas brasileiros. Em breve, a empresa deve estrear mais dois: 'Mi Mundial', apresentado na 46ª edição do Festival de Cinema de Gramado e realizado em parceria com audiovisuais argentinas e uruguaias, e 'Pessoas Humanas'.

Nesta terça-feira, 9, a Panda encerrou as gravações da série para TV 'Amélio, o Homem de Verdade'. Realizada no Rio de Janeiro, a produção, em formato de sitcom, tem exibição garantida no canal Prime Box Brazil no próximo ano. Cada um dos 13 episódios, dirigidos por Luis Antonio Pereira, deverá custar cerca de 90 mil reais, segundo informações divulgadas pela produtora.

A série revela a postura da empresa ao diversificar modelos de produção. Em seu portfólio, há obras como coprodutora de 'O Tempo e o Vento' e o último case da Panda foi o documentário 'Central - O poder das facções no maior presídio do Brasil', de Tatiana e Renato Dornelles. O longa levou mais de 16 mil espectadores às salas de cinema de todo o País no ano passado. Nos projetos futuros, há, ainda, a série de TV 'Retratos do Cárcere', que também terá direção da dupla.

Comments