Notícias de mercado da comunicação do RS.

Home Notícias Comunicação Jornalistas conhecem restauro da Igreja Nossa Senhora das Dores

Jornalistas conhecem restauro da Igreja Nossa Senhora das Dores

Profissionais de Correio do Povo, G1, Metro, RBS TV, TVE e Zero Hora foram apresentados à nova fase da obra
Compartilhar
,

Um grupo de jornalistas, composto por profissionais de Correio do Povo, G1, Metro, RBS TV, TVE e Zero Hora, esteve em visita à Igreja Nossa Senhora das Dores, nesta semana, no Centro Histórico de Porto Alegre. O motivo era conhecer a nova fase de restauro, que contempla o altar da capela auxiliar – que retornará ao lugar de origem após 49 anos.

Conforme a assessora de imprensa responsável pela divulgação das obras, Márcia Dihl, a ideia de chamar os jornalistas surgiu assim que iniciou sua prestação de serviços. “Sempre brinco que, quando viajamos, visitamos as igrejas de outros lugares e, muitas vezes, não conhecemos a história da nossa própria cidade”, completou.

Durante o passeio, os jornalistas foram informados de que o retábulo – estrutura de madeira que fica atrás do altar –, descoberto na última restauração em 2000, estava guardado no forro da igreja. A novidade é que essa peça será entregue em 26 de março, data em que se comemora o aniversário de Porto Alegre, como presente à cidade. O assunto rendeu, por exemplo, entrada ao vivo no Jornal do Almoço, telejornal do Grupo RBS, além de destaque na capa de Zero Hora desta sexta-feira, 17.

Na nova fase de restauração, serão incluídas as intervenções na capela principal do santuário, que é o primeiro patrimônio tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Porto Alegre (1938). A previsão é de que as obras sejam concluídas no final deste ano. Esta etapa conta com o patrocínio da Braskem por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Rio Grande do Sul.