Notícias de mercado da comunicação do RS.

Home Academia Tibério Vargas encerra trajetória de quatro décadas na Famecos

Tibério Vargas encerra trajetória de quatro décadas na Famecos

Jornalista deixou as salas de aula para se dedicar à Literatura e ao conteúdo de seu site homônimo
Compartilhar
,

O professor Tibério Vargas encerrou sua trajetória de 40 anos à frente de disciplinas de Jornalismo e Relações Públicas da Famecos, da PUC. Em entrevista ao Coletiva.net, o jornalista explicou que se preparou para a aposentadoria e que, agora, se dedicará à Literatura e ao conteúdo de seu site homônimo, presente da relações-públicas Silvana Sandini. “Quero dedicar meu tempo à escrita de outro livro, que, provavelmente, reunirá meus ensaios inéditos”, disse o autor de dois romances, dentre eles, ‘Acrobacias no Crepúsculo’, publicado pela Editora AGE.

Ao portal, recordou que sua história com a universidade se iniciou em 1968, quando ingressou como estudante de Jornalismo. Ainda nos semestres iniciais, conseguiu uma vaga como editor na redação da revista Mundo Jovem, da universidade. Posteriormente, já formado, teve a oportunidade de ser assessor de imprensa de três reitores: Ir. José Otão, Ir. Liberato (Wilhelm Hunke) e Ir. Norberto Rauch. “Desde 1968 ia, ininterruptamente, à PUC. Sou grato aos anos dentro de sala de aula. Deixo-a sem mágoas”, assegurou.

Na tarde desta segunda-feira, 6, Tibério registrou em seu perfil no Facebook seu desligamento da universidade. Na publicação, que contou com 28 compartilhamentos e mais de mil curtidas, o ex-docente desabafou que sentiu falta, nas comemorações dos 60 anos da Famecos, da menção aos professores mais antigos que fizeram parte dessa história. “Não me desliguei em razão disto”, garantiu, e afirmou que “é importante saber a hora de sair. Conquistei o respeito dos meus colegas e dos alunos”. O carinho por ele é demonstrado nos mais de 300 comentários, nos quais as pessoas o agradecem e cumprimentam pelos serviços prestados à PUC.

O professor também ressaltou que o que mais lhe marcou nesse período foi a oportunidade de compartilhar suas experiências com os estudantes, como os oito anos de Zero Hora, do Grupo RBS, e os 15 entre Jornal Folha da Tarde e Correio do Povo. “Sempre disse que dar aula é fácil. Difícil é ensinar. Acredito que tenha conseguido passar tudo o que aprendi”, finalizou.

Receba as novidades
no seu e-mail!

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias e novidades.