Notícias de mercado da comunicação do RS.

Home Panorama Negócios Salton registra crescimento de 70% em 2016 na exportação

Salton registra crescimento de 70% em 2016 na exportação

Investimentos de longo prazo e participação em feiras internacionais garantem vendas para 14 países
Compartilhar
,

A Vinícola Salton comemorou o crescimento de 70% em 2016 na exportação. Com o fortalecimento das relações internacionais, até outubro deste ano, a empresa, que possui unidades no distrito de Tuiuty, em Bento Gonçalves (RS), em Jarinu (SP) e em Santana do Livramento (RS), exportou seus produtos para 14 países. A empresa também registrou que a preferência internacional é pelos vinhos, que compuseram 60% do volume de exportação, enquanto os espumantes representam 30%, fechando 10% com destilados e suco de uva. Entre os produtos mais comercializados estão o Paradoxo Pinot Noir e o Brasil Intenso Brut, espumante elaborado com uva glera, também conhecida como prosecco, rótulo produzido com exclusividade para os mercados internacionais.

Conforme gerente de Comércio Exterior da marca, César Baldasso, a proposta é seguir apoiando os parceiros atuais a fim de buscar um crescimento mútuo, prospectando, também, outros mercados para abertura de novas contas. A vinícola esteve presente durante este ano em diversas feiras e eventos. Entre eles, a Prowein Dusseldorf, Prowine Shangai e a Foodex Tokyo, além de viagens de manutenção de relacionamento e prospecção nos Estados Unidos, China, Reino Unido, Canadá, Austrália e Japão.

Para Baldasso, os Jogos Olímpicos e a Copa do Mundo, propiciaram uma maior vitrine para o Brasil. “Percebeu-se um interesse pelos produtos brasileiros. No que diz respeito à Vinícola Salton, a principal demanda foi pelos vinhos, que conquistam a cada ano maior reconhecimento internacional”, disse. Ainda em 2015, foram abertos mercados com expressivo reflexo nos números de 2016, como no caso dos países sul-americanos como Chile, Colômbia, Bolívia e Paraguai. Neste ano, conforme a Salton, possibilidades também se abriram na Europa com a Finlândia e a Suécia, assim como em Taiwan, na Ásia.

“Acreditamos que o próximo ano seja um pouco mais restrito, devido a não termos um evento de grande porte no Brasil. Por outro lado, confiamos que o trabalho de fortalecimento que realizamos em 2016 será a base para continuidade dos relacionamentos e negócios para 2017”, afirma o gerente. Ao longo de 11 anos de processo de internacionalização, a Salton já exportou para um total de 21 países e mantém parcerias consolidadas com diversos players como a rede Fogo de Chão Brazilian Steak House, Season’s 52 e a rede Rodízio Grill, nos Estados Unidos, além da da Marks & Spencer, no Reino Unido.