Instituído comitê de licitação para revitalizar o Cais Mauá

Comissão analisará as propostas e definirá a empresa que será responsável pelas obras

O decreto que nomeia e institui a comissão de licitação para a revitalização do Cais foi assinado pela governadora Yeda Crusius, nesta quinta-feira, 26, no armazém 3 do Cais Mauá, no porto de Porto Alegre. A partir do dia 8 de outubro, a comissão analisará as propostas e definirá a empresa que será responsável pelas obras.
A Comissão Especial de Licitação, instituída por decreto, é integrada pelo coordenador do Programa Estruturante Nossas Cidades, Milton Stella, representando o gabinete da governadora; o secretário executivo do Projeto de Revitalização do Cais Mauá, Edemar Tutikian (Sedai); pela Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos, Carla Poeta Possap; pela secretaria das Obras Públicas, César Luis Baumgratz; pela secretaria da Cultura, Simone Monteiro; e pela Procuradoria-Geral do Estado, Paulo Moura Jardim.
Com 200 páginas, o edital para a contratação da empresa foi entregue à governadora no início de julho passado. Os trabalhos devem começar em 2011, com investimentos de R$ 500 milhões e criação de mais de 10 mil empregos. O prazo de concessão à empresa vencedora da licitação será de 25 anos.
Ao assinar o decreto, a governadora agradeceu à Câmara de Vereadores, à Prefeitura, à Assembléia Legislativa, aos secretários e todos os segmentos envolvidos. "A obra vai mudar o Rio Grande do Sul e a percepção de Porto Alegre. Quando os jogos da Copa do Mundo de 2014 acontecerem em Porto Alegre, teremos algo que mudará também nosso espaço cultural e turístico", projetou Yeda.
De acordo a avaliação do secretário do Desenvolvimento e dos Assuntos Internacionais, Josué Barbosa, "teremos no Cais do Porto convivências harmônicas: do passado, pela preservação do patrimônio histórico, do presente, pela continuação das atividades hoje realizadas (Feira do Livro e Bienal do Mercosul) e do futuro, pelos novos espaços de convívio e criação de novas atividades. O Cais será uma nova referência para os gaúchos".
O edital pode ser acessado na íntegra no site do Governo do Estado. Entre as determinações do documento, altura máxima permitida de construção é de 14 metros na área próxima ao Gasômetro e pode ir até 100 metros na área próxima às docas.
Leia também em Coletiva.net
Governo apresenta edital para revitalização do Cais Mauá
Governo autoriza licitação para revitalizar Cais Mauá
Comitiva gaúcha busca anuência federal para revitalização do Cais Mauá

Comments