Inovação, diversidade e economia estão em alta em Austin

Local é conhecido como a cidade do SXSW, mas não é assim o ano todo

Por Letícia Duarte

Austin é conhecida como a cidade do SXSW, no entanto, o município que os participantes veem durante o festival não é o mesmo durante o restante do ano. Organizadores do evento de inovação estimam que, ao todo, 420 mil pessoas circulem ao longo dos 10 dias de programação, um afluxo equivalente a mais da metade da população local, de 790 mil habitantes. Somente na parte das conferências, são 70 mil inscritos, em mais de duas mil palestras. 

A presença de turistas do mundo inteiro vem contribuindo para inflar a economia local. Em 2017, a estimativa é de que US$ 348 milhões tenham sido injetados no município, direta ou indiretamente, durante o evento. Os números deste ano só serão divulgados após o encerramento da edição, mas a previsão é de um leve crescimento.

Entre os moradores locais, o inchaço provoca sentimentos duplos. Ao mesmo tempo em que o burburinho ajuda a cidade a crescer, também traz filas e congestionamentos. "Às vezes, para andar uma quadra, a gente leva 20 minutos", conta o taxista Maicon Wald, de 41 anos. Quem pode aproveita esta época para viajar, alugando a casa para os visitantes e, assim, ganhando também um dinheiro extra e fugindo da agitação. "Antes do começo do SXSW, levamos muitos moradores para o aeroporto. Acho que uns 90% das pessoas que a gente vê aqui durante o festival são de fora", estima Wald.

Comments