Quanto vale a vida de um profissional de imprensa?

Painel reuniu profissionais do The Washington Post, do News Corp e do Comitê de Proteção a Jornalistas

Debate sobre quanto custa a vida de um jornalista - Divulgação/Coletiva.net

Por Gabriela Boesel, enviada especial ao SXSW

A discussão sobre a violência que acomete profissionais de imprensa também teve espaço na programação do SXSW. O assunto foi debatido no painel The Human Cost of Journalism (O custo humano do jornalismo, em tradução livre), por Karen Attiah, editora global de opinião do The Washington Post; Ilana Ozernoy, vice-presidente de Comunicação do News Corp; e Courtney Radsch, diretora de Direito do Comitê de Proteção aos Jornalistas (CPJ).

Apresentando uma série de dados sobre ameaças e morte de profissionais de imprensa, Courtney buscou comprovar o quão perigosa é a profissão em nível mundial. Segundo ela, isso se agravou nos últimos três anos. "Não conheço outra profissão em que a pessoa é perseguida e assassinada por seu trabalho", declarou. Entre os motivos apresentados para esta crescente, estão as fake news e o fato de que, hoje, qualquer pessoa, passa por jornalista com as redes sociais.

O caso do jornalista saudita Jamal Ahmad Khashoggi foi bastante lembrado, especialmente por Karen, que comentou com pesar o assassinato do profissional. "Ele não estava em zona de combate e, mesmo assim, era visto como inimigo, onde quer que estivesse", comentou. Sobre isso, todas as peinelistas concordaram que, ainda que a profissão esteja sob ameaça, ainda há muito profissional que continua investigando e combatendo casos de corrupção, entre outros.

Professora, Ilana, por exemplo, informou que, mesmo com todo este cenário, as faculdades de Jornalismo seguem cheias de novos alunos. "Se eu puder dar um conselho, sigam engajados, se envolvam na profissão. Democracia não existe sem uma imprensa livre", declarou. Sobre fake news, Ilana também aconselhou as pessoas a lerem mais e se informarem, a fim de combater este problema que só parece crescer.      

O SXSW é um conjunto de festivais de cinema, música e tecnologia, que acontece anualmente desde 1987. A cobertura internacional de Coletiva.net é proporcionada pelo apoio das marcas Banrisul e Dinamize.

Comments