Sete ideias gaúchas que eu gostaria de ter criado

Por Pedro Vidor, para Coletiva.net

Todo criativo adora falar das suas ideias. E tudo bem. É mesmo importante valorizar o próprio trabalho. Mas, por trás de cada uma, existe sempre uma porção de referências. Aquelas que a gente assiste e chega a quase ficar com inveja de quem está na ficha. E digo isso do jeito mais amigável possível. Tanto é que resolvi usar esse espaço para compartilhar e homenagear algumas delas. Espero que também ajudem a inspirar você.

NME - The Sound Typeface

 

A materialização dessa ideia cria um novo formato de mídia. The Sound Typeface é o tipo de projeto que dificilmente surge de um briefing, mas gera um resultado muito positivo para quem assina.

Bib's - No escurinho do cinema

O personagem irônico do Bib's transformou seu espaço na Zero Hora em conteúdo. A ideia deu tão certo que as tirinhas foram criadas e recriadas por anos, de 1994 a 1997. Tem briefing melhor que isso?

Feira do Livro - Tempo para ler

Respondendo à pergunta anterior: sim, existe. Campanha de Feira do Livro é sempre uma baita oportunidade de colocar coisa legal na rua. Nesse caso, a galera colocou um drone, tacos de golfe e - claro - um argumento bacana por trás.

Tramontina - Corte rápido

Corte rápido traz vídeos curtos com tudo o que precisa ser comunicado. Sem dúvidas, vale assistir e relembrar. Até porque tem apenas 18 segundos.

Santa Casa - Doe seu talento

 

A série de filmes para TV chama para uma causa que merece atenção, divulgando a doação de órgãos por meio do legado de importantes brasileiros.

Universitário - Difícil mesmo é a vida

Essa campanha do Universitário é um verdadeiro clássico. Não é por acaso que o cliente tem até hoje uma excelente percepção do público.

Polar - Anulador de celular

Se ideia boa é a que envelhece bem, essa, certamente vai provar que merece o seu destaque. E o melhor: como todas as outras, é daqui.

Pedro Vidor é redator publicitário na BriviaDEZ.  

Comments