Só se fala em conteúdo conectado para marcas

Por Giovana Alvarenga, para Coletiva.net

Uma marca é exatamente como eu e você: tem personalidade, uma história, amigos, ex-namoradas (os), pode amar chocolate e odiar sagú. Uma marca tem vida. Ela nasce, cresce, evolui e pode até envelhecer. Nesse meio tempo, acumula experiências boas e ruins, sucessos e fracassos, alegrias e tristezas. E são estas histórias que a tornam única e especial. Porém, as diversas possibilidades com que as pessoas assistem às suas histórias favoritas não param de movimentar o universo da Comunicação. Hoje, o desafio é ir além de contar boas histórias, é construí-las com uma narrativa que seja interessante para marca e para os seus consumidores/audiência e que navegue nas mídias atuais e tradicionais de maneira inteligente, criativa e eficaz.

Esta turbulência que se vive na Comunicação moderna já mudou o jeito de produzir e consumir conteúdo audiovisual. As diferentes plataformas que se tem acesso transformam os hábitos das pessoas quando assistem a vídeos. E ampliar o sinal da marca nesse cenário é vital para estreitar a relação e fazer parte da vida do seu consumidor.

As pessoas assistem à TV ao mesmo tempo em que utilizam o smartphone, o notebook ou outros dispositivos, duas ou até três telas interligadas, ou seja, as telas se multiplicaram e reter a atenção do público é desafiador. Por isso, se faz necessário construir estratégias integradas nas diferentes janelas para assim proporcionar experiências e criar relação afetiva com o público.

A criação de conteúdo relevante e valioso é uma maneira de engajar o público e aumentar a rede de negócio, atraindo, envolvendo e gerando valor para as pessoas de modo a criar uma percepção positiva da marca e assim resultar em mais vendas.

Como as marcas podem se comunicar com seu público:

- Converse com seu público. O diálogo ainda é a melhor forma de construir uma relação de confiança.

- Dê assistência. Os consumidores precisam e querem a sua ajuda.

- Agregue informação. Gerar conhecimento sobre o assunto ou produto em questão educa o público e traz relevância para a sua marca.

- Conecte- se com ele. Mostre que você ele têm mais pontos de conexão em comum do que ele imaginava. Para isso, utilize as diversas plataformas e ferramentas, respeitando linguagens e formatos, e claro, com uso estratégico e bom senso.

- E divirta. Diversão cria empatia com o público.

Fazer tudo isso é mostrar aos consumidores o que eles realmente querem, de maneira que a marca sirva a seus propósitos e ideias, cativando seus clientes o suficiente para que eles prestem atenção nela. Através desse conteúdo, estará se construindo uma relação, que pode ser de amizade, amor ou meramente platônica.

O conteúdo tem a capacidade de ligar pessoas e marcas através de utilidade, educação, informação ou entretenimento e tem o dever de ser provocativo, único, interessante ou, até mesmo, intrigante. O que está em jogo aqui é o valor desta história que está sendo contada e como ela impactará a vida do público.

Mas, por que é tão importante para as marcas ter o conteúdo conectado na sua estratégia de comunicação? Simples, porque elas precisam construir uma relação duradoura e transparente com o cliente, precisam ser a solução de seus problemas, apoiar as suas causas e, principalmente, querem ser admiradas, e não simplesmente compradas, se elas realmente desejam ser parte da sua vida.

E, quando se utiliza do conteúdo, a comprovação e mensuração do resultado é mais precisa e eficaz, pois ele permite a segmentação, a customização, custa menos que o marketing tradicional, tem uma maior taxa de conversão de vendas online e, acima de tudo, ele estabelece relações e valores que transformam o consumidor em fã da marca. Isto por que construir histórias através de confiança, amizade, veracidade e cuidado é muito mais perene. Olho no olho, como todo o caso de paixão deve ser.

Estamos construindo um novo mundo! Daqui a poucos anos, vamos olhar para trás e concluir que fizemos parte de uma revolução cultural, criativa e comportamental. E as marcas também são os players desta batalha.

Avante!!!!

Giovana Alvarenga é jornalista, especialista em Estratégia e Processos de TV Digital e sócia-diretora da Cuentos y Circo.

Comments