Rádio Guaíba é homenageada pela AL por seus 62 anos

Importância do veículo do Grupo Record foi ressaltada em sessão plenária

Reinaldo Gilli, presidente da Record RS no centro da foto, à esquerda - Reprodução/Site ALRS

A Rádio Guaíba, por iniciativa do deputado Sérgio Peres (PRB), foi homenageada pela Assembleia Legislativa, na tarde desta quinta-feira, 23, por conta dos 62 anos do veículo. Na ocasião, foi apresentado um retrospecto da história do veículo, desde quando entrou no ar pela primeira vez, em 30 de abril de 1957, até a atualidade. Enfatizando que a emissora produz conteúdo de qualidade e presta um serviço essencial a toda sociedade, o deputado afirmou que ela conquistou a confiança dos ouvintes por conta da inovação e do respeito ao público.

O proponente da homenagem também destacou que, em 1958, a Guaíba consolidou seu nome nacionalmente e alcançou projeção internacional ao ser a primeira a falar diretamente de Estocolmo, na Suécia, transmitindo a Copa do Mundo. Na ocasião, Peres destacou que a rádio não se restringiu a ser intermediária da informação, mas assumiu protagonismo em vários episódios da política nacional. Citou a liderança que a emissora teve na Rede da Legalidade, cadeia de emissoras formada pelo então governador Leonel Brizola em defesa da posse de João Goulart na Presidência da República em 1961.

O deputado elencou, na tribuna, outros momentos em que a Guaíba se fez presente, como no golpe de 1964, no movimento das Diretas Já, na abertura democrática, na morte de Tancredo Neves e na Assembleia Constituinte de 1988. Após o discurso na tribuna, o diretor-geral da Rádio Guaíba, Claudinei Girotti, recebeu a Medalha da 55ª Legislatura. Os deputados Sebastião Melo (MDB), Valdeci Oliveira (PT), Luiz Henrique Viana (PSDB), Luiz Marenco (PDT), Fran Somensi (PRB), Elizandro Sabino (PTB), Dalciso Oliveira (PSB), Luciana Genro (PSOL), Capitão Macedo (PSL) e Fábio Ostermann (NOVO) também estiveram presentes na ocasião.

Comments