Migração da TV analógica para digital começa em 89 cidades do Estado

Implantação do novo sinal ofertará melhor qualidade de imagem e som aos telespectadores


O processo de migração da televisão analógica para digital começou em Porto Alegre e em outros 88 municípios do Rio Grande do Sul. Com o novo sinal, a TV aberta ofertará melhor qualidade de imagem e som aos telespectadores, que estarão livres dos chiados e chuviscos. A lista completa das cidades pode ser conferida aqui.
A operacionalização no Brasil é conduzida pela entidade criada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Seja Digital, que deve garantir acesso à TV digital, oferecer suporte didático e distribuir kits às famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Conforme o diretor-geral da Seja Digital, Antonio Carlos Martelletto, as ações da organização seguem as determinações da Anatel. "Nosso principal compromisso com a digitalização da TV no País é preparar a população para que não fique sem acesso ao sinal dos canais de TV aberta", afirmou.
Martelletto explicou que, durante o período de transição, a população da Capital e das demais cidades do Estado que assistem aos canais de TV aberta passarão a ver um sinal com a letra "A". Isso significa que ele ainda é analógico. "Este processo representa um grande avanço tecnológico, pois coloca o Brasil no mesmo patamar de transmissão televisiva de países como Estados Unidos e Reino Unido, que já realizaram o desligamento do sinal analógico", finalizou.
A projeção é que o sinal analógico seja desligado por completo no dia 31 de janeiro de 2018, prazo final definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).
Leia mais:
Sistema analógico da TVE para Porto Alegre será desligado em fevereiro

Comments