Jornal do Comércio comemora crescimento de audiência digital em 2019

Para o diretor de Operações do periódico, Giovanni Tumelero, o ano foi marcado por transformação no mercado

Giovanni Tumelero - Jonas Adriano

De acordo com o diretor de Operações do Jornal do Comércio, Giovanni Tumelero, 2019 foi marcado pela disrupção no mercado do Jornalismo e em diversos setores da economia e, para ele, esse movimento de transformação é natural e seguirá em curso com os avanços tecnológicos. Alinhado com essa declaração, o executivo ressaltou que houve um aumento significativo de audiência digital do JC em 2019, com 35% em relação ao ano anterior.

Ao Coletiva.net, Giovanni destacou que, quando o impresso completou 86 anos de circulação ininterrupta, implantou melhorias em suas plataformas de leitura e processos, diversificando o trabalho nas mídias online. Segundo ele, o JC tem compreendido e está alinhado com as movimentações de mercado: "Estamos investindo fortemente em tecnologia e processos internos para melhor atender aos assinantes. Além disso, apostamos cada vez mais em conteúdos exclusivos e relevantes, independentemente da plataforma".

O diretor de Operações observou que há um esforço permanente para fortalecer o conteúdo no ambiente digital, com ações internas que visam à qualificação dos conteúdos, de acordo com a necessidade dos leitores. "Hoje, no âmbito online, conseguimos mensurar a exata repercussão das matérias, bem como o impacto que causam na sociedade. Com esses dados, podemos cobrir melhor os temas que realmente interessam aos leitores", explicou.

A publicação do conteúdo exclusivo do JC ganhou novos formatos multimídia em 2019. Além de reportagens em vídeo, que já estavam sendo publicadas, o ano foi marcado pelo lançamento de podcasts, com programas apresentados em séries. Uma destas novas, que já está na segunda temporada, é o Mentes Transformadoras, da jornalista Patricia Knebel, em que empresários e executivos falam sobre as transformações no mundo dos negócios em forma de texto, vídeo e podcasts. Já o canal de conteúdos sobre empreendedorismo, o GeraçãoE, que neste ano foi agraciado com o prêmio Top de Marketing da ADVB/RS, também ganhou um programa semanal de podcasts chamado de Histórias Empreendedoras, que já conta com 30 episódios.

"Também fomos surpreendidos pela adesão ao nosso canal de transmissão no WhatsApp, no qual leitores têm acesso em primeira mão às principais matérias exclusivas do JC", comentou Giovanni. O ano foi marcado por novos produtos editoriais ligados ao Anuário de Investimentos do Rio Grande do Sul, mapeamento dos principais investimentos públicos e privados anunciados no Estado ao longo do ano. A plataforma online Investômetro do JC apresentou, em tempo real, no site do jornal, a soma dos investimentos atraídos ao Rio Grande do Sul.

Outra novidade foi a aposta em um novo tipo de conteúdo, através de eventos: foi a primeira apresentação pública do Anuário de Investimentos, seguida de painel com empresários, em reunião-almoço na Associação Comercial de Porto Alegre. Para 2020, o diretor afirmou que a expectativa é de um ano melhor tanto para a área comercial quanto em termos de conteúdo, com várias novidades que estão sendo preparadas pela equipe do JC.

Comments