SPR cresceu o suficiente para estar fortalecida em 2019, avalia Juliano Hennemann

Diretor-executivo cita performance dos clientes como a maior conquista do ano que se encerrou

Juliano Hennemann, diretor-executivo da SPR - Divulgação

O ano que se passou foi muito complicado para a SPR, isto de acordo com o diretor-executivo da agência de Novo Hamburgo, Juliano Brenner. Ao Coletiva.net, o profissional citou eventos como a Copa do Mundo, Eleições e paralisações no Brasil, como a dos caminhoneiros, como causas da falta de equilíbrio econômica. Contudo, de acordo com ele, a empresa cresceu. "Foi menos do que o pretendido, mas o suficiente para estarmos fortalecidos para a chegada de 2019", avaliou.

Sobre conquistas, Juliano foi enfático: a maior delas se refere à performance dos seus clientes. Ele ainda citou alguns desafios pelos quais passaram no ano que se encerrou, como a realização de gestão das marcas Garibaldi, Redesul, Festimalha e Rhoma Pelles. A renovação do contrato com o Centro de Eventos Fenac também foi lembrada pelo diretor-executivo.

Outro ponto positivo ao ver do profissional foram as campanhas criadas para o Governo do Rio Grande do Sul, como Cipave e Tricotaço Solidiário. "Para legitimar ainda mais o trabalho de Design, ganhamos o prêmio máximo da categoria identidade visual no 7º Bornancini", disse. Também elencou as palestras que realizou em instituições de ensino e a apresentação de conteúdo em mais de 20 eventos e universidades. "O ano passado, sem dúvida alguma, foi repleto de realizações", falou, ao contar sobre a consolidação da atuação da SPR baseada em Big Data e em workshops de tendências.

Juliano mencionou que tem a sensação de que a agência se prepara para viver o melhor ano de sua história. Embora o crescimento tenha ficado aquém do que foi projetado, a equipe prevê uma melhora de 25% para os próximos 12 meses. 

Comments