Exposição sobre a história do cinema brasileiro inaugura na Cinemateca Capitólio

Evolução da sétima arte no País será retratada por meio de cartazes de filmes

Cinemateca Capitólio Petrobras - Reprodução

A Cinemateca Capitólio Petrobras (Rua Demétrio Ribeiro 1085, esquina com Avenida Borges de Medeiros), em Porto Alegre, receberá a exposição 'Cartazes: uma história do cinema brasileiro'. A mostra acompanha os principais fatos históricos da sétima arte no País entre 1928 - ano da inauguração do Cine-Theatro Capitólio - e 2018, quando o prédio onde está sediada a Cinemateca completou nove décadas. Com curadoria da historiadora Alice Trusz, a iniciativa faz parte da programação especial com 26 atividades e ocorre a partir da terça-feira, 23.

A exposição apresenta uma narrativa construída a partir de uma seleção de alguns cartazes mais significativos, boa parte deles pertencentes ao acervo da instituição. A concepção visual é da designer Tatiana Sperhacke e a expografia ficou a cargo de Andreia Vigo. A mostra é dividida em três módulos: o primeiro apresenta uma linha do tempo, com 101 cartazes, fotografias e pequenos textos; o segundo exibe um slide-show, que projeta uma seleção de cartazes digitalizados; e o terceiro traz uma projeção de trechos dos filmes representados nos cartazes expostos.

Alice explica que, nesta exposição, os cartazes de cinema são abordados enquanto peças de uma coleção museológica e fatores de cultura. "Sob este novo estatuto, eles passam a servir como documentos históricos de práticas culturais, que informam sobre as formas de promoção publicitária do cinema, as mudanças no gosto do público, a história do design gráfico e a história do cinema", analisa. Segundo ela, como referências dos filmes, estes materiais permitem evocar a sua lembrança e, assim, ganham um novo valor. "Eles são memória e provocam memória, dos filmes e da experiência subjetiva de tê-los assistido", completa ela, que contou com a assessoria de pesquisa de Marcus Mello e Rosemeri Iensen.

A abertura de 'Cartazes' ocorre às 19h30 do dia 23 e a visitação segue com entrada franca até 29 de setembro, de terça a sexta-feira, das 9h às 20h30, e sábados, domingos e feriados, das 14h às 20h30. Visitas orientadas podem ser agendadas pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (51) 3289.7463. Mais informações pelo fone (51) 3289.7453, pelo site www.capitolio.org.br ou, ainda, pelo www.facebook.com/cinemateca.capitolio

Comments