Na boleia da notícia

Por Grazi Araujo

A vida inteira - desde que me conheço como apaixonada por comunicação - ouvi a expressão 'veículo' como sinônimo de meio de comunicação, como rádios, tevês, jornais, sites, apps, etc. Sim, são eles que fazem o transporte da notícia até os olhos e ouvidos da sociedade. Mas e até chegar lá, na redação, onde começa o frete? Quem abastece? Muitas vezes o factual, obviamente. Mas muitas outras lá estão os assessores de imprensa na boleia da informação. Logo, ora bolas, também somos veículos. É uma brincadeira e uma reflexão que virou tema da coluna de hoje, obviamente sem o menor intuito de levantar polêmicas quanto a nomenclatura de alguma coisa.

A gente troca o comando, muda o condutor. A habilitação é da mesma categoria, o treinamento inicial é padrão. Quando aptos, colocamos o carro na rua e então escolhemos o destino, a rota, aprendemos os atalhos, pagamos os pedágios necessários, contamos com copilotos atentos. E passeamos por esse mundão afora, nos especializamos no que acabamos nos apaixonando, pegamos e oferecemos caronas, reconhecemos as necessárias revisões e vamos crescendo ao longo de tudo isso.

Não é uma corrida, é um revezamento. Todos queremos cruzar a linha de chegada com notícias reais, esclarecedoras, informativas e confiáveis. Nesse mundo onde todos pensam saber comunicar e as fakes news insistem em querer aparecer, o diploma nos chancela do que cada um acaba se tornando.

Eu adoro essa troca, de verdade. Hoje, frente à comunicação da Casa Civil, me estufa o peito de orgulho quando troco notícias com meus colegas de redação. Aprendo diariamente com cada pauta nova, com cada café compartilhado, cada conversa no saguão do Piratini ou nas escadarias do plenário da Assembleia. Setoristas de política vivem o nosso dia-a-dia. E eu, daqui, quero fazer render a rotina deles. Não tem mágica, nem fofoca muito menos puxão de tapete. Tem surpresas, afinal, eles sabem muito mais, são rodeados de boas fontes. No meio dessa corrida maluca e viciante, estamos todos engajados no melhor rendimento e na alta performance que os apostadores investiram quando nos confiaram a condução da notícia.

Autor
Grazielle Corrêa de Araujo é formada em Jornalismo, pela Unisinos, pós-graduada em Marketing de Serviços, pela ESPM, e com MBA em Propaganda, Marketing e Comunicação Integrada, pela Cândido Mendes. Atualmente é chefe de Comunicação Social na Casa Civil do Rio Grande do Sul. Também responde pela Comunicação Social do Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (IPE-RS), da Sociedade de Cardiologia do RS (Socergs), da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV) e da Valor Fiscal. Tem o site www.graziaraujo.com.

Comments