Por mais informações úteis

Tem tanta coisa que dá para fazer nesse nosso mundo de Comunicação - aliado a diferentes áreas - que chega a fazer a gente se remexer na cadeira. Coisas simples, às vezes um bate-papo, uma troca de ideias e muita coisa se une e fica ainda mais útil e melhor.

Enquanto acompanhava um grupo de estudantes, na faixa entre 12 e 17 anos, que participaram de uma ação alusiva ao Dia Mundial da Atividade Física, me inspirei para o texto de hoje. Nesse mundo tão cheio de informações que vivemos, acabamos nos enganando que sabemos de tudo, sem de fato estar agregando muita coisa. Durante o encontro, um educador físico ensinou aos adolescentes como fazer a massagem cardíaca, manobra simples e que pode ajudar a salvar muitas vidas.

O olhar atento da maioria dos alunos me chamou a atenção, pois quando se davam conta que podiam ajudar alguém ao aprender aquilo, a conversa cessava e eles se concentravam. Na mesma oportunidade, muitos puderam conhecer o desfibrilador - aquele aparelho que 'dá choque' e também salva muitas vidas. Alguns questionaram os locais em que este tipo de aparelho deveria estar à disposição e quando souberam que na própria escola tinha um, notei um certo alívio. Mesmo sendo obrigatório, ainda tem muitos lugares que não têm. Outros possuem, mas pouquíssimas pessoas sabem manusear.

São dois exemplos básicos que nós, como cidadãos, deveríamos todos saber. Quiçá lembramos o número de emergência, imagina ir atrás de vídeos que ensinam a fazer ressuscitação cardíaca.

Deveríamos compartilhar mais informações úteis nas nossas redes, buscarmos comentar e curtir notícias que contribuem com alguma coisa, engajar-se com coisas que façam realmente a diferença no nosso dia a dia. Por uma vida com menos fake news, vídeos de violência, correntes e esse monte de baboseiras que percorrem nosso feed.

Autor
Grazielle Corrêa de Araujo é formada em Jornalismo, pela Unisinos, pós-graduada em Marketing de Serviços, pela ESPM, e com MBA em Propaganda, Marketing e Comunicação Integrada, pela Cândido Mendes. É a responsável pela Comunicação Social do IPE, da Sociedade de Cardiologia do RS (Socergs) e da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV). Atuou ainda na comunicação da Martins + Andrade, Uffizi, CDL Porto Alegre, Palácio Piratini e Assembleia Legislativa. Tem o site www.graziaraujo.com.

Comentários