Disney anuncia oficialmente seu serviço de streaming

Plataforma deve chegar à América Latina no final de 2020

A Disney anunciou, nesta quinta-feira, 11, o seu serviço de streaming, o Disney+. A plataforma custará US$ 6,99 por mês ou US$ 69,99 anuais, menos da metade do valor do plano básico da Netflix nos Estados Unidos. Ainda não foram divulgados os custos para o Brasil ou outras regiões.

O lançamento está marcado para 12 de novembro deste ano em território norte-americano. Na América Latina, a plataforma deve chegar somente no final de 2020. O Disney+ receberá conteúdos do Hulu, outra plataforma de streaming que pertence à Fox - que foi comprada pela Disney -, ESPN+ e o serviço de streaming indiano Hotstar. Os executivos da empresa explicaram que provavelmente haverá um desconto para o consumidor que acumular os serviços do grupo.

No primeiro ano de atividade, a plataforma contará com 35 séries, filmes e especiais exclusivos, além de 100 produções recém-lançadas e os mais de 400 títulos do acervo Disney. Ao longo do tempo, a plataforma deverá incorporar conteúdos de diversas frentes, incluindo não apenas os tradicionais Disney Channel, Marvel, Pixar e Star Wars, mas também a programação da National Geographic e alguns programas selecionados dos ativos recém-adquiridos da Fox, como 'Os Simpsons', por exemplo. Por conta do lançamento, a Disney removerá todo o seu conteúdo da Netflix assim que terminarem seus contratos de cessão de direitos.

Comments