Pesquisa com jovens aponta que 80% busca informações no celular

Levantamento foi realizado com pessoas de 18 a 24 anos

Notícias pelo celular são preferência de jovens - Reprodução

O Núcleo de Inovação em Mídia Digital (NiMD) da Faculdade Armando Alvares Penteado, em parceria com a MindMiners, startup de tecnologia especializada em pesquisa digital, fez um levantamento com 300 jovens de 18 a 24 anos para entender como funciona o consumo de notícias. Conforme o levantamento, 80% do público utiliza somente o celular para buscar informações, contra 18% que se vale do computador para essa finalidade.

A pesquisa também revelou que 48% dos entrevistados admitem passar mais de três horas conectados diariamente, sendo boa parte desse tempo distribuído em oito redes sociais, nas quais 58% afirmam possuir contas simultaneamente. Em relação ao uso e acesso aos conteúdos disponíveis, quase a totalidade não vê problemas em encontrar uma informação, visto que 64% dos entrevistados responderam ser muito fácil o acesso, enquanto 33% consideram fácil.

Em relação às fontes de informação, a televisão ainda ocupa um lugar de destaque, e rivalizando com outros meios que não são originalmente um ambiente de distribuição oficial de notícias, como o Whatsapp. Segundo o ranking, em primeiro lugar na lista estão os jornais e revistas online (67%), seguidos por Facebook (65%), televisão (58%), Whatsapp (45%) e Youtube (43%). Entretanto, apesar de utilizarem as redes sociais para este fim, a maioria acredita que os jornais e as revistas (online e impressos), além da televisão, são os meios mais confiáveis.

Comments