Em ligação telefônica, ouvinte ofende jornalista da Rádio Progresso, de Ijuí

Homem, que não quis se identificar, discordou de opinião da repórter Tamires Hamke

Tamires e equipe da Rádio Progresso - Reprodução

A jornalista Tamires Hamke, da Rádio Progresso, de Ijuí, foi ofendida por um ouvinte durante uma ligação telefônica na última sexta-feira, 9, enquanto trabalhava na redação. Sem se identificar, um homem, que, segundo a emissora, aparentava uma voz de alguém com cerca de 50 anos, discordou de uma opinião emitida pela repórter no programa 'Fala Redação', sobre os shows da ExpoIjuí Fenadi 2019.

Após Tamires elogiar a cantora carioca pop Iza, atração confirmada na feira, dizendo que gosta das letras das músicas por expressarem o empoderamento feminino, o ouvinte ligou para a rádio e pediu para falar com a jornalista. De acordo com relatos publicados no site da emissora, o ouvinte disse, ao telefone, que a repórter não tem cultura e "está se achando só porque tem um microfone nas mãos". Ainda, chamou a comunicadora de vagabunda e desprezou a programação da ExpoIjuí Fenadi, alegando que "esses shows, essa expo, essa Iza são uns lixos".

Ao perceber o fato, a gerência da rádio tentou intervir, porém, o ouvinte encerrou a ligação. A direção da emissora destaca que repudia qualquer tipo de assédio e desrespeito e disse esperar que casos como este não se repitam. O número de telefone ficou registrado no identificador de chamadas e a empresa estuda tomar medidas judiciais cabíveis.

Tamires, por sua vez, lamentou que tenha passado por este tipo de constrangimento. "Foi horrível e eu fiquei sem reação na hora, pois nunca pensei passar por isso. Infelizmente, o machismo e o preconceito ainda estão impregnados em nossa sociedade. Eu só peço respeito, que é o mínimo que o ser humano precisa ter", afirmou.

Comments