Dois anos depois, Felipe Nabinger sai da rádio Guaíba

Jornalista participava dos programas 'Guaíba Esportes', 'Bate-Pronto' e '300 Por Hora', além de fazer cobertura da dupla Grenal

Felipe Nabinger - Reprodução/Arquivo pessoal

O repórter esportivo Felipe Nabinger não está mais na equipe da rádio Guaíba, da qual foi demitido após dois anos de casa. Na emissora, ele participava dos programas 'Guaíba Esportes', 'Bate-Pronto' e '300 Por Hora', além de fazer a cobertura da dupla Grenal. Ele publicou um depoimento na sua página do Facebook dizendo que "algumas discordâncias tornaram insustentável a permanência" e confirmou a informação ao Coletiva.net. "Embora tivessem algumas divergências com a gestão, fui surpreendido com a decisão."

Ainda no texto divulgado, Nabinger agradeceu aos colegas da emissora, com destaque a Cristiano Silva, "que foi quem brigou para me levar pra lá e ajudou a realizar o sonho de colocar a Guaíba no currículo (SIC)". Também mencionou os repórteres Geison Lisboa, Gutiéri Sanchez, Rafael Serra e Rafael Pfeiffer, os narradores Zé Aldo Pinheiro, Orestes de Andrade e Luís Magno, e os integrantes do departamento de Jornalismo Geral, a equipe técnica e de externas. Dos dois anos que dedicou à emissora, lembra a tragédia da Chapecoense como a cobertura mais marcante, conforme contou ao portal.

Nabinger iniciou sua carreira em 2009 na rádio Gaúcha, onde ficou até 2015, participando da cobertura da Copa do Mundo de 2014. De 2015 até 2016, atuou na Bandeirantes AM/FM e, na sequência, foi para a Guaíba. O gerente-geral da rádio, Nando Gross, informou ao Coletiva.net que não substituirá Nabinger, pois optou por valorizar a equipe que integra a emissora.

Comments