Jornalistas participam de evento mundial sobre dados em Porto Alegre

Open Data Day busca estimular geração de conhecimento livre a partir da transparência pública

Unisinos Porto Alegre - Reprodução

Porto Alegre receberá uma edição do Open Data Day, evento promovido ao redor do mundo com o objetivo de estimular a transparência pública e conscientizar governos e cidadãos para o uso de dados abertos. O encontro ocorrerá em 9 de março, no campus da Unisinos na Capital (Avenida Dr. Nilo Peçanha, 1.600), das 9h às 16h. O evento terá a participação de jornalistas gaúchos.

A proposta deste ano está estruturada em três eixos: rastreamento de dinheiro público, mapeamento aberto e desenvolvimento igualitário. O tema da mesa de abertura será o rastreamento de dinheiro público como tema principal. Para falar sobre o assunto, foram convidados Bruno Morassutti, advogado e especialista em direito público; Valtuir Pereira Nunes, auditor público externo e assessor da presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RS); e Marcel Hartmann, jornalista de GaúchaZH. A mediação ficará sob a responsabilidade do também jornalista Marcelo Träsel, professor da Ufrgs.

À tarde, a técnica em informações geográficas e estatísticas no IBGE do Rio Grande do Sul Krishna Predebon falará sobre dados demográficos de Porto Alegre. A proposta do evento é que os participantes conheçam os bancos de dados e pesquisas em que podem acessar tais informações e desenvolver iniciativas. A programação se encerra com uma rodada de apresentações sobre projetos e iniciativas que utilizam bancos de dados públicos, com mediação da jornalista Luciana Kraemer, professora da Unisinos.

Quem tiver interesse em apresentar um projeto deve enviar suas propostas até 4 de março pelo formulário de inscrição. Demais interessados em acompanhar o evento também precisam preencher o formulário até 7 de março. A organização do Open Data Day em Porto Alegre, cujo cadastro é gratuito, está a cargo das jornalistas Marília Gehrke e Taís Seibt. A programação completa está disponível em bit.ly/2tzrMZw.  

Comments