Não precisamos de bons fornecedores. Precisamos de excelentes parceiros

Pati Stima, para Coletiva.net

Escolher um fornecedor é fácil. Eleger um parceiro é bem mais complicado, por isso, devemos praticar a confiança e voltar à garantia que um 'fio de bigode' tenha algum valor. Porém, na escolha de um fornecedor temos que confiar desconfiando de tudo e de todos. O que pode mudar quando pensamos em 'parcerias', hoje, faz toda a diferença!

É fundamental estarmos cercados de pessoas de boa índole e, neste caso, de bons profissionais, especialmente de bons FORNECEDORES. Existem benefícios mútuos na relação com fornecedor. Uma organização e seus fornecedores são interdependentes. É uma relação de benefícios mútuos, que aumenta a capacidade de ambos em agregar valor. E não estou falando aqui em recompensas ou bonificações. Estou falando do relacionamento.

Então, chegamos a um impasse: Como lidar com os parceiros diante de tantos desafios e desconfianças? Gestão de Qualidade Total, parceiros confiáveis e de qualidade são eleitos os fornecedores. Porém, a palavra 'parceria' carrega um peso que vai além da relação de cliente X fornecedor. Ela reforça o vínculo de confiança, de cumplicidade e de fidelidade. É mais do que cumprir uma ordem de compra ou um pedido, é desejar o sucesso de todo o trabalho sabendo que o seu será, em consequência, exaltado. Típico "estamos juntos para o que der e vier"! Nossa, e quem não gostaria de contar com um parceiro deste?

Os parceiros são aqueles em quem você pode confiar no produto/serviço, garantindo que seja igual ou tão bom ao seu próprio trabalho. Para que, quando chegue ao cliente final, pouco importa quem fez e quem entregou. O cliente quer mesmo é resultado e qualidade, e somos responsáveis por isso. Jamais poderemos nos posicionar em justificativas de que alguma falha partiu do fornecedor, pois isto não é problema do cliente, e sim, nosso! Então, ao fazer a escolha, temos que confiar no fornecedor /parceiro.

Um trabalho eterno será o de AVALIAR e QUALIFICAR os fornecedores, seguindo critérios e prazos para novas avaliações. Mande um e-mail no final do trabalho. Avalie o andamento, a entrega, a equipe, a capacidade de solucionar situações in loco. Faz bem para você e é fundamental para o seu parceiro melhorar no próximo trabalho.

Pratique a comunicação. Isso facilita a negociação, o relacionamento e a garantia de que nada dê errado, e, se por acaso ocorrer alguma situação que fuja do controle, vocês possam agir juntos. Construa parcerias, pois é disso que estou falando aqui: precisamos disso para garantir a Qualidade Total e, claro, a satisfação do cliente final.

Pati Stima é designer, produtora e gerente de Projetos.

Comments