Sensações

Por Fraga

Na Serra Gaúcha, a temperatura é de 4 graus, com sensação térmica de -1,5º. Excesso de imprecisão ouvido numa emissora exagerada. Como medir o imensurável?!

Frio de lascar, mas a sensação térmica é de renguear cusco. Quer dizer: na baixa temperatura, a pele das patas dos cachorros racha em contato com o frio do chão e o machucado animal não consegue pisar inteiramente. Aí, pra evitar o dolorido da ocasião, fica com uma ou duas patas soerguidas.

Você é um ser humano muito simpático. Mas, cá pra nós, numa declaração tão mediana assim, a sensação térmica é de elogio morno, impessoal à beça.

Temperatura de cerveja boa pra beber, mas a sensação térmica é de congelar os beiço. Essa medição inclui desde o freezer no boteco até aquele meio tonel com gelo derretido no churrasco na calçada.

Segundo os países não assinantes do tratado de Kioto, o aquecimento global não é preocupante. Mas a sensação térmica mundial é de Groenlândia à deriva no Atlântico.

Depois de anos de promessas e atrasos, nova e atrativa orla da capital finalmente entregue aos porto-alegrenses. Mas a sensação térmica do restante da cidade é de falta de prefeito. 

Dizem que o desemprego caiu um pouco, mas a sensação térmica dos 13 milhões de desempregados é que já tem gente morrendo de tanto não trabalhar.

Brasil, governo interino. Mas a sensação térmica é de perpétuo. De lá pra cá do golpe, a temperatura se elevou, à altura de um país infernal.

 

Autor
Fraga. Jornalista e humorista, editor de antologias e curador de exposições de humor. Colunista do jornal Extra Classe.

Comments