Empresa de conteúdo promove palestras para celebrar um ano no mercado

Seja+ busca auxiliar na autoestima e no empoderamento feminino

Juliana Pereira, idealizadora do projeto - Reprodução

Neste sábado, 6, a Seja+, empresa de informação e empoderamento feminino, realizará uma tarde de bate-papo, a partir das 15h, na Avenida Érico Veríssimo 100, em Porto Alegre. O evento abordará sexo e autoestima feminina, atividades que integram a programação da 'Semana da Mulher 3.0: seja a melhor versão de si mesma', que celebra o primeiro ano da Seja+, idealizada pela jornalista Juliana Pereira.

Ao longo da semana foram abordadas questões como Outubro Rosa, empreendedorismo feminino e autocuidado nas redes sociais da Seja+. De acordo com Juliana, o evento tem como objetivo destacar assuntos que auxiliem as mulheres a serem as melhores versões de si mesmas. Ao final, serão sorteados brindes concedidos por empresas parceiras.

A Seja+ é fruto do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) que a jornalista apresentou no IPA. Segundo o coordenador de Jornalismo do centro universitário, Fabio Berti, o empreendedorismo em Comunicação é uma das bases de sustentação do projeto pedagógico da graduação. "Este é um movimento que percebemos desde sua concepção, há 13 anos. Por isso, é um dos pilares da nossa proposta para a formação de novos profissionais", explica.

Juliana conta que a empresa começou com uma vontade de ajudar outras mulheres. "Em uma sociedade que nos reprime, nos exclui e nos cala, a Seja+ foi criada para dar voz a você, à sua colega, à sua vizinha, à minha vizinha, àquela estranha que encontramos no ônibus todos os dias, ou seja, a todas que quiserem ser ouvidas", afirma.

Para a professora Valéria Deluca, orientadora do projeto, é gratificante ver um trabalho que nasceu no curso tomar forma e cumprir a missão social do Jornalismo. "Quando empoderamos nossos acadêmicos e estimulamos a autoconfiança em cada um, são como sementes que lançamos ao chão. Acreditamos na força da Comunicação e na necessidade de nos adaptarmos às novas plataformas e propostas de interação", destaca.

Comments