Versão da hora

Primeira edição do Diálogos ARI de Jornalismo vence a greve e deixa diversos ensinamentos sobre a profissão

Auditório da Unisc - Divulgação/Coletiva.net

A primeira realização da Associação Riograndense de Imprensa do Diálogos ARI de Jornalismo escolheu a Universidade de Santa Cruz do Sul para ser o seu palco. Ainda que o evento tenha ocorrido em meio à grave dos caminhoneiros, que está afetando diretamente todo o Brasil e impediu participantes e painelistas de se fazerem presentes, o projeto pode ser considerado vencedor.

Durante a sexta-feira, 25, e o sábado, 26, o auditório da instituição de ensino se manteve com um público com cerca de 100 pessoas, sendo a maioria delas estudantes de Jornalismo. Os acadêmicos puderam interagir, questionar e refletir acerca da profissão e de seus diversos ângulos. Profissionais de mercado compartilharam experiências e opiniões, conseguindo formar uma série de outros temas, além dos propostos na programação, o que deixou o evento mais dinâmico e interessante para quem assistia aos painéis.

Muitos participantes lamentaram a ausência de palestrantes que geraram quando das inscrições grande expectativa - como foi o caso de Caco Barcellos e Rosane de Oliveira. A frustração resultou em muitos dos inscritos deixarem o local antes do final do evento, que foi encerrado com aproximadamente 50 pessoas presentes.

Um coffee foi oferecido no hall do auditório, enquanto no interior dele acontecia o último painel, o que deixou, mais uma vez, o público pela metade, visto que na programação não havia intervalo entre um painel e outro, com exceção da parada para o almoço. Outro aspecto interessante foi o respeito aos horários, mesmo que em alguns momentos eles tenham ultrapassado um pouco do previsto, foi notável a preocupação da organização em manter a programação, em consideração aos diversos participantes que vieram de outras cidades e dependiam de transporte pré-agendado.

Comments