Criação de formato inspirado no Clubhouse está nos planos do LinkedIn

Plataforma voltada ao mercado de trabalho não é a primeira a incorporar ferramentas do aplicativo de conversas em áudio

Depois do Facebook, Spotify e Twitter demonstrarem interesse em disponibilizar em suas plataformas ferramentas de conversas em áudio, baseadas no aplicativo Clubhouse, agora foi a vez do LinkedIn manifestar o desejo de aderir ao movimento. 

Conforme a porta-voz da empresa, Suzi Owens, em conversa com o site especializado TechCrunch, eles "estão fazendo alguns testes primários para criar uma experiência de áudio única e conectada com sua identidade profissional".

Na entrevista, Suzi afirma que há um crescimento de 50% em conversas dentro da plataforma, o que reflete as interações em stories, vídeos compartilhados e postagens na rede social voltada ao mercado de trabalho. Além disso, adianta que os testes com uma versão beta devem começar em breve. 

Comments