Com homenagem ao jornalista Tonito, Feira do Livro de Canoas começa nesta sexta-feira

Antônio Canabarro Tróis Filho, que morreu em outubro, aos 93 anos, é o patrono do evento

Evento seguirá até a terça-feira, 15 - Divulgação

A Feira do Livro de Canoas deste ano começa nesta sexta-feira, 11, a partir das 9h30, e terá um tom especial de memória e homenagem. É que o patrono do evento é o jornalista e escritor Antônio Canabarro Tróis Filho, conhecido como Tonito, que morreu em outubro deste ano.

Em sua carreira jornalística, o patrono da Feira de 2020  foi cofundador do jornal O Timoneiro e atuou nos veículos Diário de Canoas (DC), Correio de Canoas, Expressão, Gazeta de Notícias, O Gaúcho, Radar, Folha de Canoas e O Momento. Como escritor se destacam suas obras 'Gente é mais importante', 'Doce Exílio', 'O Sal e o Blá' e 'Flagelo faz 40 anos'. Em 2019, ainda participou do documentário do DC "Estação Canoas, nos Trilhos da História". 

Além da homenagem a Tonito, o evento, que acontecerá de forma virtual pela primeira vez, contará com diversas atrações, para todas as idades. Até a terça-feira, 15, conversas com escritores, lives, palestras e contação de histórias integrarão a programação. A transmissão ao vivo acontecerá de um estúdio instalado na Biblioteca Pública Municipal João Palma da Silva, com a participação dos palestrantes e do público de suas casas.

A iniciativa on-line será gratuita e poderá ser conferida nos sites  www.dannaproducoes.com e www.canoas.rs.gov.br. Realizada pela Prefeitura Municipal de Canoas, a 36ª Feira do Livro de Canoas tem patrocínio da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) e do Governo do Estado do Rio Grande do Sul - Novas Façanhas. A produção cultural é da Danna Produções.

Confira a programação completa da Feira do Livro de Canoas 2020:

Sexta-feira (11)

9h30 - Abertura

10h - Fábio Monteiro (SP) - Por uma literatura (des)confortável para crianças e jovens

14h30 - Luciano Pontes (PE) - Histórias crônicas da infância

 

Sábado (12)

10h - André Neves (RS) - Encontro com o escritor e ilustrador André Neves

14h30 -  Fê (SC) - A literatura infantil tem a fantasia como mola e motor de sua existência, pois é   ela que a põe em movimento. Sem fantasia não há literatura infantil, não há criação.

 

Domingo (13)

14h30 às 17h - Apresentação Casa do Poeta

                  

Segunda (14)

9h30 - Jackson Brum (RS) - Graffiti e processos de criação

14h30 - Letícia Wierzchowski (RS) - Livro Estrelas fritas com açúcar

16h - Haroldo Dutra (MG) - Equilíbrio das emoções em tempos de pandemia

 

Terça (15)

9h30 - Professora Maristela e Boneca Rosa - 1,2,3! Era uma vez...Contação e Cantação de Histórias

14h30H - Carlos Neves - Kalunga - Palestrinha Show - Adivinhem quem vem para brincar

16h - Rogério Bastos - 200 anos da chegada de Auguste de Saint-Hilaire ao Rio Grande do Sul

Comments