Meditação faz parte do ambiente de trabalho da Incomum

Agência oferece sessões abertas e livres aos funcionários uma vez por semana

Equipe da Incomum - Divulgação

A prática de meditação foi incorporada na rotina de trabalho da agência Incomum, de Pelotas. Oferecidas uma vez por semana, as sessões são abertas a todos os colaboradores interessados e acontecem, geralmente, no início de um turno, antes das atividades de trabalho. A iniciativa busca focar na importância de uma mente leve, e, ao mesmo tempo, concentrada no agora, com valores como reforço positivo em pensamentos e ações, práticas de aquietamento, controle da respiração, bem como empatia e alegria nos momentos difíceis em grupo.

Na Incomum, as sessões são abertas e livres, com a metade da turma de colaboradores, geralmente, comparecendo aos encontros. Ana Paula Bachiega, Daniel Moreira, Gisele Treptow e Stela Nesello, sócios da agência, consideram interessante perceber as mudanças, o momento de descontração e de descanso. Segundo eles, muitas vezes, a prática mobiliza sentimentos, emoções e, em outros momentos, há uma percepção por parte dos praticantes de como eles estão se sentindo e como poderiam ficar melhor, seja no trabalho ou em casa. Na maior parte das práticas, se consegue um resultado positivo com uma mudança de hábito, uma diminuição significativa em sintomas como ansiedade e cansaço.

Augusto Gowert, diretor de Arte da agência, conta que as práticas de meditação tornaram a jornada de trabalho mais leve e satisfatória. "Sinto que ao separarmos um tempo de nossa rotina para refletir sobre a vida e liberar a mente, identificamos novos limites pessoais e profissionais. Os resultados são múltiplos: partem do autoconhecimento, perpassam o controle das emoções e do corpo; e contribuem com a estruturação de profissionais íntegros", afirma.

As práticas na agência aliam técnicas de meditação com ferramentas de atenção plena, respiração e até mesmo arteterapia, por meio da qual se trabalha com argila, desenho, e água, atividades que atuam no alívio do estresse e controle de emoções.

Comments